PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Santos vence a Ponte Preta e está nas quartas do Paulista Sub-20

Peixe venceu a equipe de Campinas por 3 a 1 na tarde desta quinta-feira e agora vai enfrentar o Palmeiras na disputa por uma vaga nas semifinais da competição

25 nov 2021 18h25
| atualizado às 18h25
ver comentários
Publicidade

O Santos venceu a Ponte Preta por 3 a 1 na tarde desta quinta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), e garantiu a classificação para as quartas de final do Paulista Sub-20. A equipe já havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1 na semana passada. Os gols foram marcados por Fernandinho, Rwan Seco e Pedrinho (de pênalti).

Santos venceu a Ponte Preta por 3 a 1 nesta quinta no Paulista Sub-20 (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)
Santos venceu a Ponte Preta por 3 a 1 nesta quinta no Paulista Sub-20 (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)
Foto: Lance!

Na próxima fase, o Alvinegro Praiano enfrenta o Palmeiras em duelos eliminatórios de ida e volta, sendo o primeiro jogo com mando do Santos.

O jogo

Ainda aos três minutos, o Santos já chegou com muito perigo ao gol adversário. Depois de a Ponte Preta sair jogando errado, a bola caiu nos pés de Lucas Barbosa, que acertou lançamento preciso entre os zagueiros para Fernandinho. Dentro da área, o camisa 7 santista tentou escorar de cabeça, mas acabou mandando a bola à esquerda da meta.

Com seis minutos, o Alvinegro Praiano teve falta perigosa para cobrar na entrada da área. Lucas Barbosa bateu colocado, mas com desvio, a bola saiu pela linha de fundo em escanteio, passando a poucos centímetros da trave esquerda.

Mesmo com a vantagem do placar do jogo de ida, foi o Peixe que dominou as ações durante toda a primeira etapa, buscando a vitória também no jogo de volta. Já aos 39 minutos da etapa inicial, Fernandinho recebeu pela esquerda do ataque e fintou seus marcadores até chegar à entrada da área. O camisa 7 tabelou com Rwan Seco e ao receber de volta arriscou a finalização de primeira. Sem pegar muito bem na bola, Fernandinho acabou mandando a finalização pela linha de fundo, à direita do gol.

E foi aos seis minutos da segunda etapa que o Santos FC inaugurou o marcador em Campinas. Após bola levantada na área da Ponte, Rwan Seco ajeitou de cabeça para o meio da área e Fernandinho foi na direção da bola. Desequilibrado pela marcação, o camisa 7 foi derrubado no chão, mas não desistiu e mesmo deitado conseguiu empurrar a bola com a perna direita para balançar as redes do Moisés Lucarelli.

Com 25 minutos, Rwan Seco marcou um golaço, o segundo do Santos FC. Victor Michell foi esperto e antecipou passe errado da defesa ponte pretana. Com toque rápido, ele passou para Rwan Seco, que chegava pela intermediária. Rwan soltou bela finalização colocada, com muita força, para acertar o ângulo direito do goleiro Gabriel, que ficou sem chances de defesa.

Aos 30 minutos do segundo tempo, Victor Michell foi derrubado na grande área e o árbitro Pablo Rodrigo Soares de Oliveira marcou pênalti para o Santos FC. O lateral-esquerdo, Pedrinho, foi para a cobrança e com tranquilidade bateu rasteiro no canto direito para deslocar o goleiro e ampliar a vantagem santista para 3 a 0.

Já nos minutos finais dos acréscimos, a Ponte Preta diminuiu a desvantagem de cabeça, com Guilherme Henrique e a partida terminou em 3 a 1.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 3 SANTOS FC

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Horário: 15h

Árbitro: Pablo Rodrigo Soares de Oliveira

Assistentes: Leonardo Tadeu Pedro e Ítalo Magno de Paula Andrade

Cartão Amarelo: (SFC) Rwan Seco e Matheus Nunes

Gols: (SFC) Fernandinho, aos 6′, Rwan Seco, aos 25′ e Pedrinho, aos 30′ do 2ºT; (AAPP) Guilherme Henrique, aos 59′ do 2ºT

Santos FC: Breno; Sandro, Gustavo Moreira, Jair Paula (Matheus Nunes) e Pedrinho; Jhonnathan (Ed Carlos), João Victor (Lucas Pires) e Rwan Seco; Fernandinho (Weslley Patati), Lucas Barbosa (João Pistelli) e Victor Michell (Nycollas Lopo). Técnico: Thiago Macedo

Ponte Preta: Gabriel; Kallebe, Henrique, Euller e Alex Girolli; Felipinho (Maurício), Diogo (Eliel) e Bruno José; Amaral, Matheus Alisson e Thiago (Osmar). Técnico: Eduardo Abdo

Lance!
Publicidade
Publicidade