PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Ex-Santos, Pituca celebra sua estreia tardia no Japão: "Difícil ficar sem jogar"

28 abr 2021
15h53 atualizado às 15h53
0comentários
15h53 atualizado às 15h53
Publicidade

Pouco mais de três meses depois de ser anunciado pelo Kashima Antlers, Pituca fez a sua estreia pelo clube japonês na manhã desta quarta-feira. O meio-campista ex-Santos demorou para fazer o seu primeiro jogo pelo novo time por ter demorado a conseguir a liberação para viajar ao país asiático.

Pituca embarcou para o Japão há 21 dias. Depois de cumprir o isolamento social imposto pelas autoridades locais, o jogador iniciou os treinamentos com os companheiros de Kashima na última semana, fazendo sua estreia nesta quarta, contra o Sagan Tosu, pela Copa da Liga.

"Feliz demais por esse momento. Estrear sempre dá aquele friozinho na barriga, então antes de entrar em campo hoje eu procurei manter o foco e a concentração lá em cima. Eu vinha treinando durante todo esse período sem jogar, então fisicamente estou me sentindo bem. Graças a Deus pude fazer uma boa estreia, e vou trabalhar para que tenha sido apenas o primeiro de muitos jogos pelo Kashima", afirmou o volante.

Pituca não esconde que viveu meses tristes afastado do ambiente competitivo do futebol, celebrando o seu retorno aos gramados.

"Agora depois de ter jogado eu posso dizer que estou feliz, que voltei a sorrir. Foi um momento difícil ficar sem jogar, só treinando e não podendo fazer aquilo que eu amo, graças a Deus isso passou e hoje é dia de alegria, e de celebrar essa volta", finalizou o jogador.

A última partida de Pituca pelo Santos foi a final da Libertadores contra o Palmeiras, disputada no Maracanã. O volante foi negociado com o Kashima Antlers pelo valor de 1,6 milhões de dólares (8,1 milhões de reais), por 50% dos direitos econômicos do jogador ligados ao Peixe.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade