PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Diniz comemora chances criadas pelo Santos contra a Juazeirense

Técnico elogiou o desempenho do Peixe na goleada da noite desta quarta-feira, na Vila

29 jul 2021 09h54
| atualizado às 09h54
ver comentários
Publicidade

A vitória do Santos contra a Juazeirense por 4 a 0 derrubou um dilema das últimas partidas em que o Peixe jogou bem, porém não conseguiu converter as chances em gols. O cenário foi parecido contra Juventude, Sport e, por último, Atlético-GO.

O técnico Fernando Diniz elogiou o desempenho do Santos diante da Juazeirense (FOTO: Ivan Storti)
O técnico Fernando Diniz elogiou o desempenho do Santos diante da Juazeirense (FOTO: Ivan Storti)
Foto: Lance!

-Eu acho que foi um jogo parecido contra o Atlético-GO. Eu gostei do time. O que eu não gostei, principalmente na primeira etapa, foram das chances que a gente criou e não converteu em gol. No primeiro tempo tivemos pelo menos quatro chances claras, de dentro da área. Se essas bolas entram, fazemos uma avaliação diferente. A análise que eu faço não está contextualizada nos números de gols que você faz, mas também no número de chances que você cria, isso mostra que você jogou bem - comenta Diniz.

Na vitória santista por 4 a 0, o Santos teve 80% de posse de bola, finalizou 25 vezes, sendo 13 no gol. Mas, diferente das partidas contra Juventude, Sport e Atlético-GO, o Alvinegro conseguiu furar a defesa adversária com quatro tentos na segunda etapa.

- Eu gostei da equipe nos dois tempos. É verdade, eu também não achei que eles saíram demais quando fizemos os gols, até porque o jogo ele não termina aqui. Foi só a primeira parte. Eu gostei do time, da intensidade, mostramos interesse, fizemos um gol e fomos atrás do outro. O que eu acho que acontece emocionalmente com quem está defendendo é a proposta de não tomar um gol, mas toma, ai toma o segundo, e tenha dificuldade para manter a linha mais baixa - finaliza Diniz.

Lance!
Publicidade
Publicidade