PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Dinheiro, opções e prazo: Santos vive dificuldade para trazer um volante

15 set 2021 08h17
| atualizado às 08h17
ver comentários
Publicidade

O Santos busca a contratação de um volante a pedido do técnico Fábio Carille, mas encontra dificuldades no mercado.

O primeiro entrave é financeiro. O Peixe tem restrições salariais e, quando encontra opções, vê valores fora da atual realidade do clube.

O segundo é de alternativas para a posição. Como a janela internacional de transferências fechou, o Alvinegro só pode ter como alvos quem não fez sete jogos na Série A, atletas da Série B e quem rescindiu e ficou livre antes do dia 30 de agosto.

O terceiro é o prazo: o Santos só pode inscrever novos jogadores no Campeonato Brasileiro até 24 de setembro. Como há um tempo mínimo para documentação e regularização, o Peixe tem basicamente uma semana para se reforçar.

Enquanto isso, Fábio Carille busca alternativas no próprio elenco. O ex-técnico Fernando Diniz utilizava Camacho como primeiro homem do meio-campo. Carille vê esse atleta como camisa 8, mais adiantado, como era no Corinthians. No atual grupo, o único "cabeça de área" de origem é Vinicius Balieiro. Jobson está em fase final de recuperação de cirurgia no joelho direito e também pode desempenhar a função.

"Estou avaliando e logo mais temos o Jobson, um jogador interessante que gosto e acompanho há muito tempo, de bom passe, qualidade técnica e posicionamento. Temos o Camacho, que foi muito bem contra o Bahia (como primeiro volante). Vamos ver se temos necessidades e onde podemos chegar para pensar. Por enquanto não falamos nada", disse Carille.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade