PUBLICIDADE
Logo do Ponte Preta

Ponte Preta

Favoritar Time

Ponte Preta é derrotada pelo Mirassol e perde chance de se afastar da zona de rebaixamento na Série B

22 set 2023 - 21h02
(atualizado às 21h26)
Compartilhar
Exibir comentários

Na noite desta sexta-feira, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Mirassol venceu a Ponte Preta pelo placar de 3 a 0. Os gols do confronto foram marcados por Zé Roberto, duas vezes de pênalti, e Camilo, no Estádio Moisés Lucarelli, no interior paulista.

Foto: Reprodução/Instagram @mirassolfc / Gazeta Esportiva

O resultado foi importante para os visitantes. A equipe vinha de derrota fora de casa para o Criciúma e precisava vencer para voltar a somar pontos. Dessa forma, o time chegou aos 43 marcadores e poderá dormir na nona colocação, ficando a cinco pontos do G4.

A derrota, porém, foi péssima para a Ponte Preta, que segue próxima da zona de rebaixamento e não consegue respirar. O clube paulista se mantém na 15ª posição, com 33 pontos consquistados após 29 jogos. Apesar de ainda não poder entrar no Z4 nesta rodada, pode ter o mesmo número de pontos do Avaí (16º) se o Leão da Ilha vencer seu jogo.

Agora, os próximos compromissos das duas equipes serão válidos pela 30ª rodada da segunda divisão do torneio nacional. A Ponte Preta visita o lanterna ABC somente no próximo sábado (30), às 18 horas (de Brasília), no Frasqueirão, em Natal.

O Mirassol, por outro lado, volta a campo um pouco antes, na quinta-feira (28). O time do interior paulista recebe o CRB às 19 horas, no estádio  José Maria de Campos Maia, em São Paulo.

A partida entre as equipes

Com 16 minutos do primeiro tempo, depois de pressionar a Ponte Preta, o Mirassol conseguiu um pênalti. Após tentativa de cruzamento de Chico, a bola bateu no braço do marcador dos donos da casa e o juiz marcou a penalidade imediatamente após o lance.

Mesmo após ter sido chamado pelo VAR e revisado a imagem pelo vídeo, a arbitragem decidiu por manter a decisão de campo. Aos 22 minutos, finalmente, Zé Roberto cobrou no canto direito, deslocou o goleiro rival e abriu o placar: 1 a 0.

Ainda na primeira etapa, a Ponte Preta até tentou a esboçar uma reação para empatar o jogo. No entanto, a equipe não conseguiu criar nenhuma chance real de gol e foi para o intervalo sem levar perigo à meta defendida pelo goleiro Alex Muralha.

No início segundo tempo, a Ponte voltou a tentar novamente, enquanto o Mirassol se defendia e optava por jogar no contra-ataque. Aos 10 minutos, Paulo Baya bateu linda falta e acertou a trave do goleiro Muralha. A partir daí, a equipe alvinegra começou a levar mais perigo, ultrapassando o adversário em número de finalizações.

Aos 25 minutos, o gol saiu - mas não foi da Ponte. O Mirassol conseguiu mais um pênalti após Zé Roberto cabecear e a bola bater na mão de Jeh. O camisa 19 já tinha amarelo, então foi expulso de campo depois de receber o segundo cartão. Zé Roberto foi para a cobrança novamente e não desperdiçou, fazendo o segundo do time.

O terceiro saiu já nos acréscimos da etapa final. A Ponte Preta errou na saída de bola e Fernandinho roubou rapidamente. O jogador disparou pela esquerda e cruzou rasteiro para Camilo apenas completar de dentro da área e fazer valer a lei do ex.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade