0

Convidados fazem a festa na Copa América dos ingressos caros

Na primeira fase, mais de 80 mil pessoas entraram na faixa bancado por patrocinadores

25 jun 2019
20h50
  • separator
  • 4
  • comentários

Na última rodada da primeira fase da Copa América, Equador e Japão se despediram do torneio para um público de apenas 2.106 pagantes, o pior da competição. E nessa partida, por exemplo, o número de não pagantes foi de 7.623 pessoas.

A Copa América tem batido recorde de renda por causa dos ingressos caros, mas os estádios não têm ficado lotados. Em jogos pouco atraentes como Bolivia x Venezuela, o número de convidados aumenta e supera o número de pagantes, que nessa partida foi de apenas 4.640 contra 7.106 torcedores que não pagaram nada.

 Torcida aguarda o início da partida entre as seleções de Brasil e Bolívia, válida pela 1ª rodada do grupo A da Copa América 2019, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na zona sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira, 14.
Torcida aguarda o início da partida entre as seleções de Brasil e Bolívia, válida pela 1ª rodada do grupo A da Copa América 2019, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na zona sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira, 14.
Foto: Nilton Fukuda / Estadão Conteúdo

Nos 18 jogos da primeira fase, 81.746 puderam ver um jogo da Copa América sem desembolsar um tostão, o que dá uma média de pouco mais de 4.500 torcedores por partida.

Será que não dava pra ter pensado um pouco mais no torcedor comum? Nada contra os convidados, que recebem as benesses dos patrocinadores, mas com uma cota de ingressos mais populares as tais arenas receberiam um público maior.

A vida do torcedor não anda nada fácil. Quem se dispõe a pagar o ingresso caro e exerce o direito de vaiar a Seleção ainda é obrigado a ouvir o Daniel Alves dizer que se você vaia os jogadores está vaiando o seu país.

Como diria Milton Leite, que fase!

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 4
  • comentários
publicidade