1 evento ao vivo

Palmeiras ganha da Chapecoense e fica a seis pontos do líder

Pela primeira vez, o time alviverde vence na Arena Condá; com o resultado, equipe paulista fica na quinta posição com 40 pontos

2 set 2018
21h00
atualizado às 21h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Após uma série de quatro derrotas e dois empates, o Palmeiras enfim ganhou uma partida na Arena Condá na noite deste domingo. O inédito triunfo por 2 a 1 sobre a Chapecoense deixa a equipe dirigida pelo técnico Luiz Felipe Scolari mais perto da liderança do Campeonato Brasileiro.

Com 40 pontos, superado pelo Grêmio no saldo de gols, o Palmeiras figura no quinto lugar, atrás de São Paulo (46), Internacional (43) e Flamengo (41). A Chapecoense, por sua vez, segue com 21 pontos e cai para o 18º posto, dentro da zona de rebaixamento.

O inédito triunfo por 2 a 1 sobre a Chapecoense deixa a equipe dirigida pelo técnico Luiz Felipe Scolari mais perto da liderança do Campeonato Brasileiro
O inédito triunfo por 2 a 1 sobre a Chapecoense deixa a equipe dirigida pelo técnico Luiz Felipe Scolari mais perto da liderança do Campeonato Brasileiro
Foto: Liamara Polli/Photo Premium / Gazeta Press

Pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o ascendente Atlético-PR, no Allianz Parque. Ao mesmo tempo, no Durival Britto, a Chapecoense pega o Paraná, lanterna do torneio.

O Jogo

O Palmeiras dominou as ações desde o início da partida e criou a primeira chance de gol em um gramado prejudicado pela chuva. Após escanteio cobrado por Hyoran do lado esquerdo, o volante Felipe Melo cabeceou na trave da meta defendida pelo goleiro Jandrei.

O time visitante manteve a superioridade e conseguiu inaugurar o marcador aos 13 minutos do primeiro tempo. Felipe Melo cruzou da direita e Hyoran se antecipou a Eduardo para completar de cabeça - o atacante, ex-jogador da Chapecoense, evitou comemorar.

Felipe Melo cruzou da direita e Hyoran se antecipou a Eduardo para completar de cabeça - o atacante, ex-jogador da Chapecoense, evitou comemorar
Felipe Melo cruzou da direita e Hyoran se antecipou a Eduardo para completar de cabeça - o atacante, ex-jogador da Chapecoense, evitou comemorar
Foto: MÁRCIO CUNHA / Estadão Conteúdo

Na primeira oportunidade do time da casa, após cobrança de escanteio pela direita, Leandro Pereira usou a cabeça para acertar a trave de Weverton. A Chapecoense melhorou e levou perigo novamente em chute cruzado desferido por Eduardo após passar por Victor Luis.

O Palmeiras aumentou a vantagem logo aos seis minutos do segundo tempo. Em jogada individual, Hyoran carregou pelo meio e tocou para o Borja na entrada da área. Persistente, o colombiano passou entre quatro adversários e tocou na saída de Jandrei para marcar seu 18º gol na temporada.

Miguel Borja, do Palmeiras, comemora após marcar gol em partida contra a Chapecoense
Miguel Borja, do Palmeiras, comemora após marcar gol em partida contra a Chapecoense
Foto: MÁRCIO CUNHA / Estadão Conteúdo

A Chapecoense ensaiou uma reação e chegou a diminuir a vantagem palmeirense aos 15 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Rafael Thyere levou a melhor sobre o volante Thiago Santos e cabeceou no canto de Weverton.

O time local cresceu no jogo e desperdiçou uma grande chance de empatar com Doffo, que sobrou livre na cara de Weverton e bateu para fora. Acuado no campo de defesa, o Palmeiras sofreu nos minutos finais, mas conseguiu garantir sua primeira vitória na Arena Condá.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena Condá, em Chapecó-SC

Data: 2 de setembro de 2018, domingo

Horário: 19 horas (Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Cartões amarelos: Marcio Araújo, Diego Torres, Osman, Leandro Pereira (CHA); Luan, Victor Luis, Diogo Barbosa e Hyoran (PAL)

Gols:

PALMEIRAS: Hyoran, aos 13 minutos do 1º Tempo

CHAPECOENSE: Rafael Thyere, aos 15 minutos do 2º Tempo

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Thyere, Nery e Roberto; Elicarlos (Canteros), Marcio Araújo, Bruno Silva e Diego Torres (Yann); Osman (Doffo) e Leandro Pereira

Técnico: Guto Ferreira

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Jean), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis (Diogo Barbosa); Thiago Santos; Felipe Melo e Lucas Lima (Bruno Henrique); Willian, Hyoran e Borja

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade