PUBLICIDADE

Canet se impõe e crava pole da Moto2 em Portugal. Vietti larga apenas em 13º

Arón Canet levou a melhor na briga com Tony Arbolino e ficou com a pole-position da Moto2 no GP de Portugal

23 abr 2022 12h01
| atualizado às 12h31
ver comentários
Publicidade
Arón Canet é pole em Portugal
Arón Canet é pole em Portugal
Foto: Pons / Grande Prêmio

Neste sábado (23), Tony Arbolino e Arón Canet travaram uma ótima briga pela pole-position da Moto2 em Portugal. Mas o americano levou a melhor ao cravar 1min44s151, numa pista já praticamente seca, e desbancar o italiano.

Ao lado de Canet, Cameron Beaubier e Jake Dixon também vão partir da primeira fila. Arbolino acabou ficando na quarta posição, a 0s409 do líder. Augusto Fernández fechou o top-5.

PRÉVIA MOTOGP

Canet é pole da Moto2 em Portugal
Canet é pole da Moto2 em Portugal
Foto: Flexbox HP40 / Grande Prêmio

ASSISTA

Para completar as dez primeiras colocações, vieram: Sam Lowes, Ai Ogura, Somkiat Chantra, Joe Roberts e Albert Arenas. Líder do campeonato, Celestino Vietti não fez uma boa sessão e vai largar apenas do 13º lugar.

A largada da Moto2 para o GP de Portugal, em Portimão, acontece no domingo, às 10h30 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da quinta etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

Ramírez avança ao Q2 escoltado por Arbolino, Navarro e Van den Goorbergh

Depois de um fim de semana de muita chuva, a Moto2 deu sorte com as condições e não precisou nem titubear na hora de calçar os slicks. Embora o asfalto ainda tivesse algumas manchas molhadas, a pista estava majoritariamente seca, com a temperatura mais elevada, chegando aos 16°C no ambiente e aos 23°C no asfalto. A umidade relativa do ar tinha baixado para 65%, com o vento soprando a 24 km/h.

Tony Arbolino abriu a classificação no topo da tabela, 1s1 à frente de Pedro Acosta. Barry Baltus e Romano Fenati vinham na sequência, com Jorge Navarro já 0s3 abaixo da linha de corte para o Q2.

No giro seguinte, Arbolino manteve a liderança, ainda diante de Acosta, mas com Navarro subindo para terceiro, diante de Fenati. Depois, Barry Baltus pulou para segundo, 0s408 atrás do italiano da Marc VDS. Marcos Ramírez avançou para terceiro, seguido por Jeremy Alcoba. Pedro caiu para quinto, 0s143 abaixo da linha de corte.

Acosta reagiu, foi a 1min46s468 e subiu para a segunda colocação, 0s111 atrás de Arbolino. Navarro era o terceiro, com Manuel González ocupando a última vaga provisória rumo ao Q2. Baltus vinha 0s412 dentro da zona da degola.

Com 1min30s para o fim, Zonta van den Goorbergh tomou a liderança, mas foi imediatamente superado por Jorge Navarro. Pouco depois, Arbolino virou 1min45s566 e voltou à primeira posição, 0s510 melhor que o piloto da Pons. Filip Salac também foi mais feliz e se colocou em quarto, empatado com o tempo do estreante holandês da Gresini.

Com o cronômetro zerado, Rramírez foi a 1mn45s533 e tomou a liderança de Arbolino por 0s033. Navarro e Van der Goornergh ficaram com as outras duas vagas no Q2. Salac vai largar em 19º, diante de Acosta, González, Baltus, Fenati, Gabriel Rodrigo, Alcoba, Simone Corsi, Alessandro Zaccone, Sean Dylan Kelly e Niccolò Antonelli.

Canet afasta concorrentes e anota pole da Moto2 em Portugal

A fase final da classificação da Moto2 começou com uma queda de Keminth Kubo na curva 2. O japonês chegou a rastejar no local do acidente, mas conseguiu se levantar e deixar a pista caminhando com auxilio dos médicos.

Enquanto isso, Arbolino tomou a liderança com 1min46s963, 0s451 melhor que Van den Goorbergh. Arón Canet vinha em terceiro, diante de Jake Dixon e Somkiat Chantra.

Arbolino chegou até a ser atacado na liderança, mas conseguiu baixar para 1min45s502 para sustentar a ponta, agora com 0s556 de margem para Navarro. Sam Lowes subiu para terceiro, diante de Chantra.

Tony seguiu melhorando e conseguiu chegar em 1min44s57, 0s495 mais rápido que Canet, que tomou a segunda colocação. Marcel Schrötter pulou para terceiro, mas logo foi superado por Van den Goorbergh e Navarro.

Arón, então, foi a 1min44s556 para tomar a liderança de Arbolino, que até chegou a ser mais rápido, mas acabou 0s028 abaixo. Lowes era o terceiro, seguido por Navarro e Cameron Beaubier.

Canet conseguiu uma nova melhora e chegou a 1min44s151 para não mais ser incomodado. Cameron Beaubier e Jake Dixon apareceram em seguida para passar Arbolino e garantir a primeira fila, deixando o piloto da Marc VDS para se contentar com a quarta colocação.

Moto2 2022, GP de Portugal, Classificação:

1 A CANET HP40 Kalex 1:44.151  
2 C BEAUBIER American Racing 1:44.479 +0.328
3 J DIXON Aspar GasGas 1:44.501 +0.350
4 T ARBOLINO Marc VDS Racing Team 1:44.560 +0.409
5 A FERNÁNDEZ Red Bull KTM Ajo 1:44.788 +0.637
6 S LOWES Marc VDS Racing Team 1:44.827 +0.676
7 A OGURA Team Asia Honda 1:44.898 +0.747
8 S CHANTRA Team Asia Honda 1:44.911 +0.760
9 J ROBERTS Italtrans Racing Team 1:44.915 +0.764
10 A ARENAS Aspar GasGas 1:44.999 +0.848
11 J NAVARRO HP40 Kalex 1:45.016 +0.865
12 M SCHRÖTTER Intact GP 1:45.018 +0.867
13 C VIETTI VR46 Racing Team 1:45.076 +0.925
14 M RAMÍREZ Forward MV Agusta 1:45.251 +1.100
15 F ALDEGUER Speed Up Boscoscuro 1:45.304 +1.153
16 Z VAN DEN GOORBERGH RW Racing GP 1:45.354 +1.203
17 L DALLA PORTA Italtrans Racing Team 1:46.859 +2.708
18 K KUBO VR46 Yamaha Master Camp 2:01.251 +57.100
19 F SALAC Gresini Racing 1:46.086 +1.935
20 P ACOSTA Red Bull KTM Ajo 1:46.160 +2.009
21 M GONZÁLEZ VR46 Yamaha Master Camp 1:46.600 +2.449
22 B BENDSNEYDER SAG Pertamina 1:46.712 +2.561
23 B BALTUS RW Racing GP 1:46.787 +2.636
24 R FENATI Speed Up Boscoscuro 1:46.787 +2.636
25 G RODRIGO SAG Pertamina 1:47.213 +3.062
26 J ALCOBA Intact GP 1:47.274 +3.123
27 S CORSI Forward MV Agusta 1:47.676 +3.525
28 A ZACCONE Gresini Racing 1:47.762 +3.611
29 S D KELLY American Racing 1:48.021 +3.870
30 N ANTONELLI VR46 Racing Team 1:48.305 +4.154

EUROPA X JAPÃO NA MOTOGP: CHEGOU A HORA DA REAÇÃO DAS GIGANTES YAMAHA, HONDA E SUZUKI?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade