0

Esportes

Medina já explodiu muro, perdeu-se no mar e sumiu no Rio

Thiago Bernardes / FramePhoto
22 dez 2014
00h20
atualizado em 8/1/2015 às 19h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Gabriel Medina comemora 21 anos nesta segunda-feira, três dias depois de ser campeão mundial de surfe. Como qualquer jovem dessa idade, o novo ídolo do esporte nacional ainda protagoniza algumas travessuras - quando consegue escapar dos cuidados do padrasto Charles.

Segundo quem o conheceu na infância, Gabriel sempre foi um menino arteiro. Fagner Cruz, que estudou com o surfista na escola Professora Edileusa Brasil Soares de Sousa, é uma das testemunhas. "Como todo moleque, a gente gostava de aprontar", sorriu.

Na lembrança de Fagner, que hoje dá aulas de música no colégio municipal, os dois amigos chegaram até a explodir um muro quando estavam a caminho da praia de Maresias. "Carregávamos um monte de bombas e derrubamos o muro todinho. Um cara veio nos perseguir, e saímos correndo", gargalhou.

Foi também na companhia de Fagner que o melhor surfista do mundo levou um grande susto quando nadava com uma boia no mar de São Sebastião. "A correnteza nos levou embora. A sorte foi que um homem chegou de longe para no salvar. Estávamos apavorados. O Gabriel nem surfava direito ainda", comentou.

Miguel Pupo é o principal amigo de Medina atualmente
Miguel Pupo é o principal amigo de Medina atualmente
Foto: Kirstin Sholtz / Getty Images

Apesar de justificar uma e outra broncas do pai biológico, Claudio de Jesus Ferreira, Gabriel não chegou a sofrer tanto nas avaliações do colégio. Ele recebia notas medianas até o final do ensino fundamental - ganhou "A" apenas duas vezes nesse período, em educação artística e em matemática na terceira série. Depois, quando começou a competir, orgulhava-se de ter que faltar algumas vezes e, ainda assim, passar de ano.Já com o ensino médio completo e na condição de surfista profissional, Gabriel gosta de aproveitar algumas viagens para se distrair. Principalmente porque geralmente está acompanhado do amigo Miguel Pupo, 19º no WCT e também morador de São Sebastião.

"Eles aprontam mais quando estão sozinhos por aí, longe da gente. Fizeram isso agora há pouco tempo, no Rio de Janeiro", contou Jeane Pupo, mãe de Miguel e melhor amiga de Simone Medina, mãe de Gabriel. "Eles sumiram lá. Não atendiam o celular nem nada. Aí, descobrimos que tinham ido para um hotel. Saíram da balada, estavam cansados e não queriam ir para casa. Oh, meu? O que é isso? Vão os dois para o hotel e não avisam ninguém? A gente tem que dar umas broncas", acrescentou.

Jeane confessa que, embora tenha intimidade com os Medina, não consegue ser muito convincente em suas reprimendas. "Sou muito carinhosa. A Simone também abraça e beija os meninos, mas sempre dá umas broncas", comparou, ressaltando a relação entre Gabriel e Miguel. "A intimidade deles é muito grande, de dormir um na casa do outro. Eles dividem algumas coisas que nem nós sabemos."

De férias e agora campeão mundial de surfe, Gabriel Medina terá liberdade para dividir mais algumas travessuras com Miguel Pupo e com os seus demais amigos. E já sem correr o risco de se perder outra vez no mar.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade