2 eventos ao vivo

Marta dedica gol histórico na Copa a igualdade de gênero

14 jun 2019
10h36
atualizado às 10h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Jean-Paul Pelissier / Reuters

Quando a atacante brasileira Marta marcou seu histórico 16º gol em Copa do Mundo, aproveitou a oportunidade para defender a igualdade de gênero com uma comemoração especial.

Após abrir o placar da marca do pênalti na derrota de 3 x 2 do Brasil contra a Austrália na quinta-feira, a jogadora de 33 anos apontou para as chuteiras, decoradas com um símbolo rosa e azul que representa a igualdade.

Seu patrocínio de chuteira terminou no ano passado, e desde então a atacante se recusou a assinar um novo contrato, dizendo que as marcas não estão oferecendo acordos semelhantes aos de jogadores homens.

Marta, embaixadora da boa vontade da Organização das Nações Unidas (ONU) para as mulheres e meninas no esporte, optou por ressaltar a disparidade na arena internacional.

O pênalti a tornou a primeira jogadora a fazer gols em cinco Mundiais diferentes, e seu histórico de 16 gols é um recorde em Copas do Mundo que ela agora compartilha com o alemão Miroslav Klose.

"É mais um detalhe escrito na história do futebol feminino", disse ela sobre a marca histórica. "Estou honrada, mas há mais a fazer neste torneio".

Veja também:

Ceni tem o 2º pior aproveitamento do Fla nos últimos 10 anos
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade