1 evento ao vivo

Maradona diz que está "bem" após susto em vitória da Argentina, mas é criticado por gesto obsceno

27 jun 2018
07h49
  • separator
  • 0
  • comentários

O ex-jogador argentino Diego Maradona disse nesta quarta-feira que está bem, após parecer passar mal durante a vitória emocionante da Argentina sobre a Nigéria em partida da Copa do Mundo na terça-feira, mas se encontrou em uma saia justa após fazer um gesto obsceno durante o jogo.

Diego Maradona na arquibancada durante jogo Argentina x Nigéria 26/06/2018  REUTERS/Sergio Perez
Diego Maradona na arquibancada durante jogo Argentina x Nigéria 26/06/2018 REUTERS/Sergio Perez
Foto: Reuters

"Quero lhes dizer que estou bem, eu não estou e não fui hospitalizado", disse o ex-jogador de 57 anos em publicação no Instagram.

Maradona, que foi visto levantando de seu assento com ajuda de outras pessoas em meio à emoção do jogo de terça-feira em São Petersburgo, disse que um médico sugeriu que ele saísse do estádio no intervalo da partida depois que seu pescoço começou a doer e que ele sentiu que poderia desmaiar.

"Mas eu queria ficar, porque era tudo ou nada. Como eu poderia sair?", disse.

"Um beijo para todos, desculpe pelo susto, obrigado por me aguentarem, Diego estará aqui por mais algum tempo!", acrescentou.

Durante o jogo, Maradona chamou atenção por seu comportamento na arquibancada --se divertindo com os fãs, exibindo uma bandeira com uma imagem dele mesmo e aparentemente dormindo em um momento da partida.

Mas, depois que o gol de Marcos Rojo aos 41 minutos do segundo tempo garantiu a classificação da Argentina para as oitavas de final da Copa do Mundo, Maradona mostrou o dedo do meio com as duas mãos.

Gary Lineker, que jogou pela Inglaterra no jogo de 1986 e agora é comentarista da rede BBC, disse que Maradona foi longe demais com o gesto.

"Diego Maradona talvez tenha se decepcionado com sua celebração", disse. "Você entende como ele é eufórico, com certeza, mas esse tipo de reação, sério Diego?".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade