5 eventos ao vivo
MMA

Conor McGregor anuncia fim de carreira no MMA pela 2ª vez

26 mar 2019
11h52
atualizado às 12h20
  • separator
  • comentários

Na madrugada desta terça-feira, Conor McGregor utilizou as redes sociais para anunciar, mais uma vez, o término de sua carreira no MMA. O lutador de 30 anos de idade, ex-campeão peso-pena e peso-leve do UFC, já havia anunciado a aposentadoria em outra oportunidade, ainda em 2016, mas voltou a subir no octógono outras vezes. Resta saber se, agora, ele realmente está falando a verdade.

Lutador irlandês de MMA Conor McGregor 
26/08/2017
REUTERS/Steve Marcus
Lutador irlandês de MMA Conor McGregor 26/08/2017 REUTERS/Steve Marcus
Foto: Reuters

"Ei, rápido anúncio, eu decidi me aposentar do esporte conhecido como "Arte Marcial Mista" hoje. Desejo tudo de bom daqui para frente na competição aos meus ex-colegas. Vou agora me juntar aos meus ex-sócios neste empreendimento na aposentadoria. Piña Coladas "Proper" por minha conta, amigos!", escreveu, fazendo referência à marca de bebidas que ele mesmo comercializa.

O mais curioso é que, horas antes, McGregor foi entrevistado no programa The Tonight Show, do famoso apresentador norte-americano Jimmy Fallon, e não deu qualquer indício de que se aposentaria do esporte.

"Minha próxima luta, estamos em negociações para julho. Vamos ver o que acontece. Muita política acontecendo. O jogo de luta é um jogo louco, mas como eu disse novamente, para os meus fãs eu estou em forma e eu estou pronto", afirmou.

É possível que o irlandês se arrisque em outras competições de luta, que não necessariamente envolvam a categoria do MMA. Em agosto de 2017, por exemplo, ele desafiou Floyd Mayweather em uma luta de boxe, considerada a luta do século por muitos. Na ocasião, quem levou a melhor foi o pugilista.

Se McGregor, de fato, tiver encerrado a carreira no MMA, ele pendurará as luvas com 21 vitórias em 25 lutas no UFC, além das inúmeras polêmicas fora do octógono. Foi ele, inclusive, o responsável por tirar o cinturão dos penas de José Aldo, em dezembro de 2015. Seu último combate foi em agosto de 2018, quando acabou derrotado por Khabib Nurmagomedov no UFC 229.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade