PUBLICIDADE

Mariana Silva chora e valoriza participação após perder o bronze

9 ago 2016 17h48
ver comentários
Publicidade

Derrotada pela holandesa Anicka van Emden na disputa por uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a judoca brasileira Mariana Silva foi às lágrimas ao deixar o tatame da Arena Carioca 2. Natural de Peruíbe, litoral paulista, a atleta de 26 anos preferiu valorizar a oportunidade de participar da competição a lamentar o fato de ter ficado fora do pódio.

"Fico muito feliz pelo que consegui desempenhar. O objetivo era a medalha, independentemente da cor, mas, infelizmente, não foi nessas Olimpíadas. Agradeço a Deus pela chance de estar aqui, lutando até o fim e saindo sem lesão. Agradeço também à minha família e às pessoas que compareceram", discursou Mariana, caindo no choro, em entrevista ao SporTV.

A brasileira não era uma das favoritas à conquista da medalha. Lutando na categoria até 63kg, ela iniciou a competição como a 15ª colocada do ranking mundial e surpreendeu nos combates que fez na manhã desta terça-feira. À tarde, no entanto, perdeu a semifinal para a eslovena Tina Trstenjak, que conquistou o título olímpico, e depois para Anicka van Emden.

"Mesmo com a derrota, estou muito feliz. Sou uma privilegiada por participar das Olimpíadas em casa. Não sei quando acontecerá outro evento assim aqui novamente", conformou-se Mariana, bastante aplaudida pelo público da Arena Carioca 2. "A torcida foi excepcional. Mesmo sem medalha, sou muito grata", repetiu a semifinalista do judô.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade