2 eventos ao vivo

Vasco dispensa Valdir Bigode; Ramon e Carlos Germano chegam para 2019

Diretoria reformula comissão técnica do futebol profissional para próxima temporada. Fisiologista, nutricionista e preparador de goleiros também são desligados do clube

27 dez 2018
16h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Antes mesmo da virada do ano, a diretoria do Vasco se reuniu para decidir mudanças na comissão técnica do futebol profissional e da base. Nesta quinta, o clube comunicou oficialmente a saída de Valdir Bigode, ex-auxiliar-técnico, e as chegadas de Ramon Menezes e Carlos Germano, também ex-jogadores, para diferentes cargos. Outros três profissionais foram desligados do clube.

Valdir Bigode entra no mercado para assumir a função de treinador profissional (Carlos Gregório Jr/Vasco)
Valdir Bigode entra no mercado para assumir a função de treinador profissional (Carlos Gregório Jr/Vasco)
Foto: Lance!

- Só tenho a agradecer ao Presidente do Clube, Alexandre Campello, e à diretoria pelo convite feito. É muito bom voltar ao Vasco, clube com o qual tenho uma identificação enorme. Desde 2013 venho me preparando, fazendo cursos, aprendendo, e chego com muita vontade de colaborar com a comissão técnica do Alberto Valentim - afirma Ramon, que possui o certificado de Licença PRO da CBF.

Ramon Menezes chega para ser o novo auxiliar-técnico permanente no profissional, cargo deixado por Valdir Bigode, que deve procurar outro clube para ser, enfim, treinador. O ex-goleiro Carlos Germano assume a coordenação de preparação dos goleiros da base. Assim, Acácio, que já estava no clube, passa a ser auxiliar na preparação dos goleiros do profissional.

Deixam o clube, além de Valdir Bigode, outros três profissionais: o auxiliar de preparação de goleiros Thiago Mehl, o fisiologista Mauricio Negri e a nutricionista Melina Frota. Em comunicado oficial, o Vasco agradece aos profissionais pelos serviços prestados e deseja sorte na continuação de suas carreiras.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade