0

Sornoza revela cobrança para ser mais incisivo no ataque do Timão

Equatoriano é o maior garçom do Corinthians na temporada, mas marcou apenas um gol. Jogador falou sobre conversa com Carille para chutar mais ao gol adversário

17 jul 2019
12h27
atualizado às 14h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Principal garçom do Corinthians na temporada, com nove assistências, o equatoriano Sornoza agora está focado em começar a fazer mais gols. Até aqui, o meio-campista marcou apenas um gol nesta temporada e está sendo cobrado pela comissão técnica para ser mais incisivo no ataque.

Sornoza será titular no meio de campo do Corinthians contra o Flamengo, no domingo (Richard Callis/Fotoarena)
Sornoza será titular no meio de campo do Corinthians contra o Flamengo, no domingo (Richard Callis/Fotoarena)
Foto: Lance!

- Estou me cobrando para isso. Alguns jogos tive a chance de chutar e não chutava, agora tenho a mentalidade diferente. Vou me cobrar para melhorar isso e espero que a bola possa entrar - confessou o camisa 7, citando sua cobrança pessoal e também a cobrança externa.Semana livre antes do jogo contra o Flamengo
Para nós é muito importante ganhar em casa. O jogo contra o CSA foi muito difícil porque eles só buscaram marcar. Foi difícil entrar na defesa deles, mas conseguimos um gol que nos deu muita tranquilidade. Contra o Flamengo, vamos tentar chutar mais de fora da área.

Expectativa para o jogo contra o Flamengo
Estamos trabalhando para dentro de campo fazermos as coisas que o professor quer. Cada jogador faz sua função bem. Vamos buscar isso, tentar fazer jogadas de tabela e fazer o nosso melhor para conseguirmos os três pontos no nosso estádio.

Dificuldade de enfrentar o Flamengo
O Flamengo tem jogadores muito bons do meio para frente. Nosso time está procurando marcar bem para não tomar gols. Será um jogo difícil, mas nós estaremos jogando em casa, com a nossa torcida. Temos que fazer um grande jogo e buscar a vitória.

Sobre a não convocação para a Copa América
Independentemente do que aconteça com o Equador sempre vou buscar meu espaço. Conversei com o Cazares. Agora é continuar trabalhando para ter a oportunidade de jogar. Em algum momento, isso vai acontecer.

Confraternização na última terça-feira

Ninguém estava comemorando. Estávamos em família porque somos uma família. Todos os trabalhadores do clube estavam, o presidente estava. É uma coisa que precisa ser feita.

Carille treinando na linha
É bom, hein! O treinador é bom, mas como zagueiro vou te falar (risos). Não dá para ir para cima dele. Vai que ele me tira do time.

Everaldo
Vai jogar bem aqui. É um grande jogador, uma pessoa do bem. Vai nos ajudar muito e ajudar todo o time.

Mudanças feitas por Carille na Copa América

O professor estava buscando algumas mudanças. Ele mudou o esquema, tentando jogar com Régis, com Vital, com algumas peças para ajudar durante todo o ano, O grupo todo treinou forte. Nós não fomos bem nos amistosos, mas demos o nosso melhor.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade