3 eventos ao vivo

Só sai Tchê Tchê? Quem mais chama a atenção do mercado no Palmeiras

Maurício Galiotte afirmou em entrevista que deseja manter o restante do grupo até o fim do ano, mas Victor Luis e Keno são outros jogadores que podem receber propostas

5 jun 2018
08h03
  • separator
  • comentários

De acordo com Maurício Galiotte, o Palmeiras não quer negociar mais ninguém até o fim da temporada após a saída encaminhada de Tchê Tchê para a Ucrânia. O presidente diz ter recebido propostas por outros jogadores, mas só quer analisá-las se aparecer algo "irrecusável". Apesar da postura firme da diretoria, a procura de interessados deve se intensificar.

Keno se machucou no clássico contra o São Paulo, mas é desejado pelo Al-Nassr (Foto: Cesar Greco)
Keno se machucou no clássico contra o São Paulo, mas é desejado pelo Al-Nassr (Foto: Cesar Greco)
Foto: Lance!

Um motivo para fazer este jogo duro é o fato de o elenco estar curto: são 27 jogadores à disposição de Roger, já sem contar Tchê Tchê, que está prestes a sair. O Verdão aceitou a proposta do Dínamo de Kiev (UCR), de R$ 20,5 milhões, e o meio-campista nem está treinando mais com o grupo. Ele deve se apresentar no novo clube após a Copa do Mundo.

Há outros dois palmeirenses no elenco que despertam interesse de fora do Brasil. Primeiro, Victor Luis. O lateral-esquerdo foi sondado pelo Porto (POR) e é considerado um jogador com mercado na Europa. Times da Alemanha também entraram em contato com o estafe do camisa 26 buscando informações.

Ele renovou recentemente seu contrato até o fim de 2021 e é o reserva imediato de Diogo Barbosa. Com o edema na coxa direita do camisa 6, Victor deve voltar ao time titular até a pausa para a Copa do Mundo.

Keno é o outro alvo. O Al-Nassr, da Arábia Saudita, voltou a demonstrar interesse no atacante e está disposto a pagar 8 milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões). No começo do ano, o Verdão não quis abrir conversas quando os árabes sinalizaram com 6 milhões de euros (na época R$ 24 milhões) e desta vez afirma que ainda não recebeu proposta.

Dudu, que recusou uma grande oferta do Changchun Yatai (CHN) no começo do ano, e Borja, artilheiro de 2018, são jogadores que nas últimas janelas também foram procurados. No momento não há conversas sobre a dupla.O clube está negociando saídas, mas de jogadores que estavam emprestados. O primeiro é João Pedro, lateral-direito que vinha jogando no Bahia. Ele foi autorizado para viajar a Portugal, onde fará exames pelo Porto. Outro atleta que pode ser vendido é Róger Guedes. O Al Wehda, da Arábia Saudita, tem interesse e pode fazer uma oferta. O Atlético-MG, atual time do atacante, está atento à situação.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade