PUBLICIDADE

Sérgio Ramos relembra ameaças de morte após lesão de Salah

Vaiado durante o confronto entre Espanha e Inglaterra, neste domingo, o zagueiro espanhol disse que não esperava recepção ruim e ressalta "consciência tranquila"

10 set 2018 11h30
ver comentários
Publicidade

A Espanha venceu a Inglaterra, por 2 a 1, no estádio de Wembley, pela Liga das Nações e um fato chamou a atenção. Os torcedores ingleses parecem que não esqueceram a final da Liga dos Campeões (e a lesão de Salah) e vaiaram o zagueiro Sérgio Ramos. Após a partida, o espanhol se defendeu e relembrou que sua família recebeu ameaças de morte depois do ocorrido com o egípcio.

Sérgio Ramos relembrou as ameças de morte sofridas por sua família e filhos (Foto: AFP)
Sérgio Ramos relembrou as ameças de morte sofridas por sua família e filhos (Foto: AFP)
Foto: Lance!

- As vaias não afetam meu jogo. Eu gostaria de ter tido outra recepção, mas as pessoas se lembram apenas da lesão e ninguém se lembra das ameaças de morte que a minha família e meus filhos receberam. É um assunto muito delicado e que as pessoas insistem em fazer piadas ou me vaiar em grandes estádios como esse. Minha consciência está tranquila e eu já expliquei o que aconteceu, não preciso dizer mais nada - disse o zagueiro

Sérgio Ramos ressaltou que não esperava ter sido recebido dessa maneira wm Wembley e fez questão de enfatizar que não teve a intenção de machucar o atacante do Liverpool na ocasião.

- Eu nunca tive a intenção de machucar um colega de trabalho. Pode ter algumas pessoas que me interpretaram errado, mas isso são coisas do futebol. Eu não vou mudar nada em relação ao meu jogo ou a mim - finalizou o zagueiro

Lance!
Publicidade
Publicidade