0

Seleção de esgrima é definida para competições internacionais de março

Ao todo, 13 esgrimistas brasileiros disputarão os primeiros torneios internacionais da temporada 2021, com a Confederação custeando integralmente a participação de 11 atletas

4 mar 2021
17h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil terá 13 atletas disputando as competições internacionais do mês de março, após um ano de paralisação do calendário. Nesta quinta-feira (4), a Confederação Brasileira de Esgrima (CBE) divulgou oficialmente, os atletas inscritos para a Copa do Mundo de Sabre, Copa do Mundo de Espada e Grand Prix de Florete, sendo 11 totalmente custeados pela entidade, além de cinco técnicos e um preparador físico, e dois atletas participando através de recursos próprios.

Nathalie Moellhausen é destaque da delegação brasileira (Foto: AFP)
Nathalie Moellhausen é destaque da delegação brasileira (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Na Copa do Mundo de Sabre, a primeira das três competições, entre 10 e 14 de março, na cidade de Budapeste (HUN), Luana Pekelman, Pietra Chierighini, Karina Trois, Bruno Pekelman, Henrique Garrigós, Enrico Pezzi e Matheus Becker estarão representando o país. Os técnicos serão Alkhas Lakerbai e Régis Trois. Vale lembrar que Bruno Pekelman e Karina Trois disputarão o Pré-Olímpico, no final de abril, buscando vagas nos Jogos de Tóquio.

Na espada, Nathalie Moellhausen, Amanda Simeão e Marcela Silva terão a orientação do técnico Marcos Cardoso, no torneio em Kazan (RUS), entre os dias 19 e 23. Nathalie, segunda colocada no ranking mundial, já está praticamente garantida na Olimpíada.

Finalmente, o GP de Florete, em Doha (QAT), entre os dias 26 e 28 de março, terá as presenças de Bia Bulcão, Rafaela Gomes e Guilherme Toldo, além dos técnicos Alessandra Nucci e Luca Maria Papale, e do preparador físico Luca Simoncelli. Bia Bulcão vai buscar a vaga em Tóquio através do Pré-Olímpico, enquanto Toldo deve entrar através do ranking.

O Brasil pode ter até seis atletas nos Jogos de Tóquio. Além de Bruno Pekelman, Karina Trois, Nathalie Moellhausen, Bia Bulcão e Guilherme Toldo, o espadista Athos Schwantes tentará conquistar a vaga masculina no Pré-Olímpico.

Veja também:

As 16 seleções masculinas classificadas para as Olimpíadas de Tóquio
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade