1 evento ao vivo

São Paulo empata com Paraná e vê vantagem na ponta diminuir

Tricolor saiu na frente logo no começo, mas cedeu o empate e não conseguiu marcar o segundo. Diferença para o Inter caiu de três para um ponto

22 ago 2018
21h34
atualizado às 21h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo até saiu na frente, mas vacilou e ficou no empate com o Paraná na Vila Capanema: 1 a 1. O único motivo de comemoração é a manutenção da liderança pela quarta rodada seguida. Mas o tropeço diante do lanterna fez a diferença para o vice-líder Internacional, que era de três pontos, cair para um com a vitória dos gaúchos sobre o Bahia, em Salvador.

Chapada do líder
Os primeiros minutos deixaram a impressão de que o líder teria noite tranquila diante do lanterna. Uma trapalhada de Cléber Reis logo aos oito minutos terminou em gol de Nenê após tabela com Diego Souza. O oitavo gol do camisa 10 no Campeonato Brasileiro - artilheiro do time - saiu no chute colocado que a torcida chama de "chapada do Nenê".

Se essa bola entra...

O Paraná, aos poucos, foi impondo dificuldades ao adversário, sobretudo nas jogadas do ex-são-paulino Silvinho e de Guilherme Biteco, que fez Sidão trabalhar em uma cobrança de falta. Mas o time de Diego Aguirre teve a chance de matar o jogo aos 35 minutos. E não foi qualquer chance: Diego Souza matou o cruzamento de Rojas no peito e concluiu com uma linda bicicleta. Por pouco!

O castigo foi instantâneo. No lance seguinte, Hudson e Arboleda nem viram de onde o lateral-direito Júnior surgiu para invadir a área e empatar o jogo com um chute violento.

Se essa outra bola entra...
A possibilidade de vitória do São Paulo voltou a passar pelos pés de Diego Souza aos 44 minutos do segundo tempo. Na verdade, a bola rasteira cruzada por Everton passou a centímetros do pé do centroavante dentro da pequena área. Tréllez, que entrou no lugar de Nenê aos 41, também assustou o goleiro Richard com um cabeceio perigoso nos acréscimos. O Tricolor Paulista ficou bem perto do gol nos momentos finais.

O Paraná, que foi recuando aos poucos e acabou apostando todas as fichas no contra-ataque, até exigiu ótima intervenção de Sidão na etapa final, mas o árbitro já havia marcado uma falta inexistente de Grampola.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 22/8/2018, às 19h30
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Público/renda: 7.635 pagantes / 8.561 presentes / R$ 296.420,00
Cartões amarelos: Guilherme Biteco, Rafael Grampola, Júnior (Paraná); Liziero (São Paulo)
Gols: Nenê, 7'/1ºT (0-1); Júnior, 36'/1ºT (1-1)

PARANÁ: Richard, Júnior, René Santos, Cléber Reis e Mansur; Leandro Vilela, Alex Santana, Caio Henrique; Silvinho, Guilherme Biteco (Rodolfo - 43'/1ºT) (Jhonny Lucas - 27'/2ºT) e Rafael Grampola (Raphael Alemão - 38'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.

SÃO PAULO:
Sidão, Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero - intervalo) e Nenê (Tréllez - 42'/2ºT); Rojas (Shaylon - 42'/2ºT), Everton e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade