0

Sada Cruzeiro vence e assume a liderança da Superliga de Vôlei

Time mineiro assumiu a liderança do campeonato graças a derrota do Sesc-RJ para o Maringá. Sesi-SP também venceu e embolou a briga pela ponta do campeonato

12 jan 2019
22h59
atualizado às 23h02
  • separator
  • comentários

O Sada Cruzeiro venceu o Itapetininga por 3 sets a 1 (28/30, 30/28, 25/19, 25/23) e assumiu a liderança da Superliga Masculina de Vôlei com 29 pontos, ultrapassando o Sesc-RJ, que foi derrotado na rodada para o Maringá por 3 sets a 1 e caiu para a terceira colocação, sendo passado também pelo Sesi-SP, que também venceu e chegou aos mesmos 27 pontos da equipe carioca.

Sada Cruzeiro assumiu a liderança da Superliga com 29 pontos. (Foto: Karen Griz)
Sada Cruzeiro assumiu a liderança da Superliga com 29 pontos. (Foto: Karen Griz)
Foto: Lance!

Os dois primeiros sets mediram a dificuldade a tensão pelo resultado por parte das duas equipes, levando a partida para dosi 28 a 30. Um para cada lado. Depois disso o Sada Cruzeiro assumiu o comando da partida e venceu o terceiro set com facilidade por 25 a 19. O Itapetininga ainda ensaiou uma reação no quarto set, mas perdeu por 25 a 23. O destaque da equipe mineira foi Sandro, que foi eleito pelo público como o melhor jogador da partida.

O Cruzeiro enfrenta o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão no próximo dia 19. Já o Itapetininga enfrenta o São José, no dia 20 de janeiro.
Sesc-RJ X Maringá
O Maringá, que ocupa a sétima colocação na tabela da superliga, perdeu o primeiro set, mas dominou as etapas seguintes fechando a partida em 3 sets a 1 ( 25/21, 23/25, 22/25, 22/25). Os destaques do jogo foram o central Johan, do Maringá, que foi eleito pelo público como o melhor da partida, e o ponteiro Vini, principal pontuador do jogo.

Com a derrota, a equipe carioca deixou a liderança e caiu para terceira colocação. Já os paranaenses chegaram aos 20 pontos e subiram três posições. O Sesc-RJ enfrenta na próxima rodada o Caramuru, fora de casa, no dia 19 de janeiro. O Maringá enfrenta o Sesi-SP também no dia 19.

SESI-SP X São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão
Com a derrota, o Sesc-RJ viu o Sesi-SP chegar aos mesmos 27 pontos. A equipe paulista não deu chances ao Ribeirão Preto e levou a melhor sobre o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão em sets diretos: 25/19, 25/21 e 25/16. A equipe da capital de São Paulo contou com grande atuação do central Éder, jogador que mais pontuou na partida, com 12 acertos.

O levantador Evandro se destacou e foi eleito, pela comissão técnica do seu time, o melhor do jogo. Já com o prêmio em mãos, o jogador comentou sobre os três pontos conquistados pelo Sesi-SP com a vitória por 3 sets a 0 neste sábado.

- É gratificante começar o returno da Superliga Cimed com uma vitória. A equipe de Ribeirão é forte, fez bons resultados contra grandes equipes já nesta temporada e esse 3 a 0, nos dando três pontos, é muito importante para a nossa equipe, que busca a melhor classificação possível para entrar nos playoffs com tudo, analisou.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade