0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Rizek questiona filho de Tite na Seleção: 'Cabide de emprego'

Apresentador criticou o cargo assumido por Matheus Bacchi, após a saída de Sylvinho, e afirmou que atitude de Tite passa uma imagem paternalista

19 jun 2019
17h38
atualizado às 17h58
  • separator
  • comentários

O apresentador do Sportv, André Rizek, comentou nesta quarta-feira sobre a polêmica envolvendo a decisão de Tite de colocar seu filho, Matheus Bacchi em cargo de confiança na comissão técnica da Seleção Brasileira. Rizek disse que a atitude de Tite passa uma imagem de paternalismo.

"Ele não pode fazer esse tipo de escolha. Eu acho que passa uma imagem de paternalismo, de cabide de emprego. Acho que o Tite vacilou nessa", afirmou o apresentador.

Rizek critica escolha de Tite (Foto: Reprodução)
Rizek critica escolha de Tite (Foto: Reprodução)
Foto: LANCE!

"Eu acho que a imagem do treinador chamando o filho dele para trabalhar na comissão técnica do Brasil não é uma boa imagem. Acho que a CBF deveria se preocupar com isso", completou.Tite foi questionado em entrevista coletiva sobre a posição na equipe assumida por seu filho que está abaixo apenas do auxiliar Cléber Xavier. O treinador afirmou que o filho está nessa posição por merecimento.

 O técnico Tite, do Brasil, em partida contra a Venezuela, válida pela 2ª rodada do grupo A da Copa América 2019, realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), nesta terça- feira (18)
O técnico Tite, do Brasil, em partida contra a Venezuela, válida pela 2ª rodada do grupo A da Copa América 2019, realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), nesta terça- feira (18)
Foto: ALEX SILVA / Estadão Conteúdo

"Tenho muito orgulho da capacidade que o Matheus tem. Ele está guinado em posições que tem condições para estar", falou o treinador.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade