0

Renato diz que ainda não falou com Marinho sobre declaração nas férias

Atacante apareceu em postagem na rede social "se oferecendo" para jogar no Flamengo e causou desconforto no clube gaúcho

11 jan 2019
11h48
  • separator
  • comentários

Na sua primeira entrevista coletiva após a cirurgia no coração para tratar de um quadro de arritmia cardíaca, um dos assuntos questionados ao técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, foi justamente algo que deve ter feito seu coração acelerar: A declaração do atacante Marinho.

Durante as férias, o jogador apareceu em uma postagem na rede social dizendo que bastava o Flamengo ir a diretoria gremista tentar sua liberação para que ele atuasse no clube carioca. Depois de intensa repercussão com a diretoria e torcedores gaúchos, o jogador acabou pedindo desculpas.

E foi justamente nessa linha de raciocínio que o comandante do Tricolor preferiu seguir, entendendo que o assunto já faz parte do passado:
- Ainda não tive oportunidade de falar com ele. Acredito que tenha se excedido um pouco as declarações, mas já pediu desculpas. É jogador do Grêmio. Está falado. Bola para frente.

Outro ponto mencionado foi a saída de peças consideradas titulares nos últimos anos como o goleiro Marcelo Grohe (Al-Ittihad-ARA) e o meio-campista Ramiro que foi para o Corinthians. Para ele, o mais importante é acreditar que as peças remanescentes, com a adição de reforços como Júlio César (ex-Fluminense) e Rômulo (emprestado pelo Flamengo) manterão o nível.

- É uma coisa normal (saída de jogadores). O grupo do Grêmio é muito valorizado pelas últimas conquistas. Uma vez ou outra não tem como segurar determinado jogador. Aqueles que chegam, a gente espera que nos ajudem tanto quanto. Esperamos formar um grupo forte como fizemos e ganhamos a Copa do Brasil, Libertadores, Gauchão, Recopa. Vamos brigar por mais títulos em 2019.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade