1 evento ao vivo

Promessa do MMA projeta carreira e diz: 'Não serei apenas mais um'

Wallace Angolano, 23 amos, tem como um dos principais mentores para a sua carreira o casca-grossa Miltinho Vieira, que é ex-lutador do UFC

24 out 2019
18h23
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil é uma das principais escolas do MMA mundial e, por isso, revela todos os anos diversos atletas. A promessa Wallace "Angolano" Lopes, de 23 anos, é um desses nomes que querem trilhar o caminho do sucesso. O lutador da Rio Figters vem participando do Shooto Brasil, um dos principais eventos nacionais. Em seu último combate, no mês de setembro, o carioca finalizou e reafirmou a sua versatilidade dentro da modalidade. Das cinco vitórias como profissional, são três por nocautes e duas mostrando a qualidade do Jiu-Jitsu.

Wallace Lopes, atleta da Rio Fighters, vem se destacando no Shooto Brasil (Foto Pedro Filet / SW2 Fight)
Wallace Lopes, atleta da Rio Fighters, vem se destacando no Shooto Brasil (Foto Pedro Filet / SW2 Fight)
Foto: Lance!

Angolano tem como um dos principais mentores para a sua carreira o casca-grossa Miltinho Vieira, que é ex-lutador do UFC. À TATAME, Wallace comentou como iniciou a parceria com um dos grandes nomes do Grappling e o impacto dele na sua ainda curta trajetória no MMA.

- Antes mesmo de existir o time, eu já conhecia o Miltinho Vieira, porém minha relação com a Rio Fighters e com ele veio a ser mais frequente quando passei a integrar a equipe profissional de MMA em 2015. Mas, antes, eu já frequentava o CT de vez em quando (risos). O Milton é um grande incentivador da minha carreira. É um cara que acredita demais no meu trabalho e até investe nisso. Não só comigo, mas também com todos os atletas da Rio Fighters - apontou o lutador, que aproveitou para comentar sobre o corpo técnico da academia.

- Minha rotina de treinos é intensa, do modo que tem que ser para um profissional de alto nível. Temos treinadores de grande excelência para um trabalho bem feito, como o Milton Vieira (MMA e No-Gi), Sérgio Roberto (Boxe), Bruno Fernandes (Muay-Thai), Jefferson Teixeira (Wrestling) e o Itallo Vilardo (preparador físico). Então, por aí, dá para se basear no tamanho da estrutura técnica que nós temos - comentou.

O sonho de grande parte dos lutadores é entrar no UFC, maior organização de MMA do mundo. Com Wallace Angolano não é diferente, mas o carioca entende que é preciso ter calma e que estará pronto quando a oportunidade aparecer.

- Meu objetivo dentro do MMA é estar entre os tops do mundo. Trabalho muito para isto, mas sei que ainda tenho que amadurecer e trabalhar mais. Almejo bastante estar no UFC, não vou negar, mas eu sei que a minha hora vai chegar e eu estarei pronto. Vocês podem ter certeza que não estou aqui para ser apenas mais um - concluiu.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade