0

Prefeitura de SP aperta fiscalização em alojamentos: veja próximos passos

São Paulo não se concentrou na Barra Funda para o jogo contra o Talleres. Corinthians e Palmeiras aguardam reunião nesta quarta, que também terá Lusa, Nacional e Juventus

13 fev 2019
11h16
atualizado às 11h37
  • separator
  • 0
  • comentários

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, órgão da Prefeitura de São Paulo, comunicou na tarde de terça-feira a São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Portuguesa, Nacional e Juventus que todos os alojamentos da capital que não tenham licença de funcionamento ou que não estejam em conformidade com as normas vigentes de segurança estão temporariamente suspensos. Vale para base e profissional.

Alojamento do São Paulo na Barra Funda está suspenso temporariamente - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Alojamento do São Paulo na Barra Funda está suspenso temporariamente - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Foto: Lance!

Essa medida foi motivada pela tragédia do Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro. Um incêndio no alojamento da base no CT do Flamengo matou dez garotos e deixou outros três feridos na sexta-feira passada.

Está marcada uma reunião para as 11h desta quarta, na sede da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com representantes dos seis clubes notificados. Neste encontro, o poder público municipal vai definir um cronograma de providências a serem tomadas para regularizar a situação dos alojamentos e dormitórios de todos os clubes e promover segurança aos atletas. Já a Secretaria de Subprefeituras enviará nesta semana uma equipe de engenheiros especializados em segurança para realizar vistoria dos Centros de Treinamento.O São Paulo, que joga nesta quarta-feira contra o Talleres (ARG), mudou a concentração para o CT da base, em Cotia. Os demais clubes aguardam o encontro desta manhã para entenderem melhor as recomendações e saberem os próximos passos, inclusive se precisarão suspender as concentrações dos profissionais em seus centros de treinamento ou mudar os jovens da base de lugar.

O alojamento da base do Corinthians, por exemplo, está irregular. Conforme publicou o Uol Esporte, a casa em que ficam os atletas possui licença emitida quando uma clínica médica funcionava no local.

O alojamento da base do Palmeiras também é independente da estrutura do profissional e se divide entre quatro casas e um edifício na Barra Funda. Todos os locais serão vistoriados.

No caso do São Paulo, praticamente não havia tempo para comprovar que o CT da Barra Funda poderia receber a concentração para o jogo desta quarta. O clube concordou com o aumento da fiscalização e nem pensou em brigar com a Prefeitura para manter os jogadores no local. Agora, vai atrás de documentos e eventuais reparos com calma.

O Corinthians joga nesta quinta-feira contra o Racing (ARG) e, por enquanto, mantém a programação de concentrar o elenco no CT Joaquim Grava a partir desta tarde. O clube aguarda a reunião pela manhã para saber se precisará modificar algo em sua estrutura. O mesmo se aplica ao Palmeiras.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade