PUBLICIDADE

Pituca elogia luta do elenco do Santos em vitória no Equador: 'Libertadores é difícil sempre'

Titular em todos os jogos do Peixe na temporada, camisa 21 atuou pela segunda partida consecutiva como volante

25 set 2020 20h44
ver comentários
Publicidade

Titular nas 28 partidas da temporada, o volante Diego Pituca exaltou o espírito do Santos na vitória por 2 a 1 diante do Delfin (EQU), nesta quinta-feira (24), pela quarta rodada do grupo G da Conmebol Libertadores, no estádio Jocay, em Manta, cidade equatoriana.

Com suspensão de zagueiros, Pituca deve jogar como volante novamente contra o Olimpia (Foto:Twitter/Santos)
Com suspensão de zagueiros, Pituca deve jogar como volante novamente contra o Olimpia (Foto:Twitter/Santos)
Foto: Lance!

O principal ponto levantado pelo meia foi a união da equipe, que, segundo ele, foi fundamental em um jogo difícil, onde o Peixe saiu na frente, sofreu o empate e teve que buscar a vitória nos minutos finais, com um gol anotado por Jean Mota, um minuto após sair do banco de reservas.

- Libertadores é difícil sempre, vários fatores influenciam, e todos os jogos têm suas dificuldades. O jogo de ontem mostrou a união do grupo e que nunca iremos desistir. Lutamos até o fim pelo resultado, mostramos vontade de sair com a vitória jogando fora de casa, mesmo após ter tomado o empate - disse Pituca via assessoria.

Contra o Delfin (EQU) foi a segunda partida consecutiva que Diego Pituca foi escalado como primeiro homem de meio-campo. No decorrer da temporada, o camisa 21 vinha atuando como segundo jogador pelo setor, concentrando as suas ações pelo lado esquerdo de campo. Contudo, com a ausência de Alison, que ficou de fora das últimas partidas, por conta de um quadro de canelite, foi deslocado para primeiro volante.

Lance!
Publicidade
Publicidade