1 evento ao vivo

Minas vence e tira invencibilidade do Praia Clube pela Superliga de vôlei

Em duelo que rendeu até o tie-break, a equipe comandada Stefano Lavarini levou sobre o time de Paulo Coco, nesta sexta-feira, no no Ginásio do Praia, em Uberlândia

5 jan 2019
00h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O retorno da Superliga feminina de vôlei para temporada 2019 rendeu emoções. Isto, porque Praia Clube e Minas, invictos na competição, proporcionaram um belo duelo nesta sexta-feira. A equipe comandada por Stefano Lavarini superou as donas da casa por 24-26; 25-17; 22-25; 25-23 e 13-15 , no Ginásio do Praia, em Uberlândia. Com o resultado, a equipe tirou a invencibilidade do Praia da competição. E quem levou o prêmio Viva Vôlei foi Carol Gattaz, melhor pontuadora do time mineiro.

Minas vence Praia Clube e tira invencibilidade (Foto: Diego Carvalho/VBC)
Minas vence Praia Clube e tira invencibilidade (Foto: Diego Carvalho/VBC)
Foto: Lance!

Mesmo com a derrota, o Dentil/Praia Clube está em primeiro lugar, com 24 pontos e oito vitórias. O Minas Tênis Clube fica em segundo colocado, com 22 pontos somados.

No primeiro set, as equipes mostraram força e ficaram se alternando no marcador. Além disso, apresentaram agressividade no ataque e explorando os bloqueios. Contudo, melhor para a equipe do Minas, que abriu o placar e já pôde sonhar com a liderança da competição.

O segundo set também não foi diferente. O Praia Clube começou na frente, com Fê Garay sendo a principal arma nos saques, e Fawccet com aproveitamento nos embates no ar. O Minas explorou sua principal pontuadora, Carol Gattaz para tentar amenizar o prejuízo, porém a equipe da casa foi dominante e empatou no marcador.

O terceiro set foi mais equilibrado e apresentou viradas. O marcador ficou bem parelho, com as equipes se alternando em constância, dando mais ânimo para o confronto. Porém, melhor para a equipe comandada por Stefano Lavarini, que conseguiu um respiro no fim e tomou a frente novamente.

No quarto set, a emoção sobrou. O Praia Clube saiu atrás do placar, e deixou o Minas somar cinco pontos. Com isso, a pressão da torcida e do técnico para recuperar o cenário anterior foi alta. Mas próximo do fim, a diferença caiu para dois, o que colocou emoção. Entretanto, Gabi e Carol Gattaz, para as mineiras, continuavam a ter um bom rendimento dentro de quadra, o que dificultava a virada. Porém, com pontos por bloqueio, o Praia virou e levou o confronto para o tie-break.

No tie-break...
O set decisivo representou todos anteriores: com muita garra, qualidade e agressividade. Isto por um objetivo, que além de vencer, era manter a invencibilidade da competição. E quem saiu com o sorriso no rosto

A Superliga feminina retorna na terça-feira, quando haverá três jogos, no mesmo horário: às 20h. O Balneário Camboriú encara o Sesc RJ, no Multieventos Hamilton L. Cruz. O Curitiba Vôlei recebe o Osasco-Audax (SP), no Univ. Positivo, em Curitiba (PR). Para fechar, o Brasília Vôlei enfrenta o Hinode Barueri (SP), no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF).

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade