0

Mesmo sem jogar, Diego Cardoso segue na artilharia do Guarani

Atacante não entra em campo desde julho e está fora do banco de reservas desde o fim de setembro. Bugre tem o quarto pior ataque da Série B

18 out 2019
19h20
atualizado às 20h47
  • separator
  • 0
  • comentários

Com apenas 22 gols marcados, o Guarani é o dono do quarto pior ataque da Série B do Campeonato Brasileiro. A ineficiência ofensiva impossibilita criar expectativas de sonhar com o acesso. O Bugre está na 13ª posição e soma 35 pontos, 11 atrás do Coritiba, atualmente o 4º colocado, dentro da zona de acesso.

Com oito gols marcados na temporada, Diego Cardoso não vem sendo relacionado (Foto: Letícia Martins/Guarani)
Com oito gols marcados na temporada, Diego Cardoso não vem sendo relacionado (Foto: Letícia Martins/Guarani)
Foto: Lance!

Por isso, a projeção até o fim da disputa é apenas se manter na Série B, tentando se afastar ao máximo do Z4, tendo o Vila Nova-GO em 17º, com 30 pontos. Mesmo com os problemas ofensivos, o atacante Diego Cardoso, que é o artilheiro do Guarani na temporada, não vem sendo relacionado pelo técnico Thiago Carpini.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Em 2019, o atacante disputou 25 jogos e marcou oito gols, seis pelo Paulista, um no Troféu do Interior e um pela Série B. No entanto, deixou de ser utilizado desde o dia 23 de julho, derrota para o Cuiabá, por 1 a 0. Após esse jogo, foi relacionado em oito rodadas alternadas, sendo a última no dia 24 de setembro. Desde então, jamais figurou no banco de reservas.

Apesar do longo tempo de inatividade, ainda segue como artilheiro isolado do Guarani, já que Michel Douglas vem em seguida com cinco gols. Diego Cardoso tem 25 anos e está emprestado pelo Santos. O Bugre vem de duas derrotas consecutivas para Botafogo de Ribeirão Preto e Cuiabá, voltando a entrar em campo apenas no sábado da próxima semana, quando enfrenta o São Bento.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade