2 eventos ao vivo

Marquinhos relembra início no Corinthians e celebra gol 'em casa'

Zagueiro marcou o primeiro gol da Seleção diante da Bolívia, na última sexta-feira, e recordou quando, na base, morou no local em que hoje fica a Neo Química Arena

10 out 2020
18h17
atualizado às 22h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil venceu a Bolívia por 5 a 0, na estreia da Seleção pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A goleada na noite da última sexta-feira foi iniciada com um gol de quem se sentiu em casa na Neo Química Arena: Marquinhos, cria da base do Corinthians, e atualmente zagueiro do PSG, da França. O jogador relembrou seu início no clube e celebrou o tento em seu antigo lar.

Marquinhos abriu caminho para a goleada do Brasil em local que se sente em casa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Marquinhos abriu caminho para a goleada do Brasil em local que se sente em casa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto: Lance!

Em entrevista para a CBF TV logo após a partida, Marquinhos não escondeu a emoção de balançar a rede em um lugar tão especial que já foi literalmente sua casa por alguns anos antes de se tornar profissional. Cerca de dez anos depois, ele retorna para Itaquera, com a camisa da Seleção Brasileira e marca um gol.

- Gol em casa, realmente em casa, porque morei aqui por uns quatro ou cinco anos, desde os 13 até os 17 anos, mais ou menos. Um lugar especial.

Curiosamente, as categorias de base do Timão foram "despejadas" do local por conta do início da construção do estádio corintiano. Entre os jogadores que tiveram que se mudar estava Marquinhos, que relembrou esse momento de sua trajetória no futebol, mas destacou que valeu a pena diante do que virou a Neo Química Arena, terreno que tem dado sorte para a Seleção e para ele.

- Aqui não era o Terrão, o Terrão era lá no Tatuapé (bairro da zona leste de São Paulo), mas aqui a gente tinha nosso CT, onde ficavam todas as categorias de base do Corinthians e com uns 16, 17 anos a gente teve que se mudar e ir lá para Guarulhos, porque iria começar a construção do estádio.

- Aqui era bom até, pelas circunstâncias depois, por uma boa causa, a gente teve que sair daqui, mas a gente está vendo resultado, estádio maravilhoso, de primeiro mundo, campo bom, que traz sorte para a gente sempre que vem consegue um bom resultado e trouxe sorte para mim também, consegui fazer um gol. Bom demais - concluiu o zagueiro titular do Brasil de Tite.

A Seleção volta a campo na próxima terça-feira, às 21h, para enfrentar o Peru, fora de casa, pela segunda rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. O Brasil lidera a classificação com três pontos e saldo de cinco gols.

Veja também:

Mostramos o cenário na briga pelo prêmio de melhor do mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade