PUBLICIDADE

Marlone recusa ser "moeda de troca" do Corinthians com Sport

Meia se incomoda com falta de espaço, mas não pretende virar moeda de troca em negociação envolvendo Rithely. Em comunicado, jogador e empresário descartam saída

13 nov 2016 16h02
| atualizado às 16h23
ver comentários
Publicidade
Marlone tem contrato com o Timão até fim de 2019
Marlone tem contrato com o Timão até fim de 2019
Foto: Daniel Augusto Jr / LANCE!

O meia Marlone não gostou da possibilidade de servir como moeda de troca na negociação entre Corinthians e Sport pelo volante Rithely. O clube paulista cogita envolver o meia na transferência, já que ele não conseguiu render o esperado nesta temporada, mas o camisa 8 alvinegro e o seu estafe não viram esta alternativa com bons olhos.

No Twitter, a empresa Lift Sports, que cuida da gestão da imagem do atleta, publicou no último sábado. "Informamos que nosso cliente Marlone e o seu agente descartam por completo esta possibilidade de troca envolvendo o atleta do Corinthians".

Oferecer Marlone foi uma alternativa encontrada pela diretoria corintiana, que tem enfrentado resistência do Sport para negociar Rithely. O clube pernambucano detém 50% dos direitos econômicos do volante, mas tem contrato até o fim de 2019 e impôs uma multa rescisória de valor elevado, fora da realidade nacional.

Bem avaliado no Sport, onde teve bom desempenho na temporada passada, Marlone fez apenas 34 partidas, sendo 18 como titular, pelo Corinthians no ano, e ainda não embalou. Apesar de ter seis gols marcados e quatro assistências anotadas ao longo da temporada, o jogador virou reserva sob o comando do técnico Oswaldo de Oliveira.

Até o momento, o Corinthians não formalizou nenhuma oferta por Rithely. Não está descartado tentar envolver outros atletas do elenco nas tratativas.

Lance!
Publicidade
Publicidade