0

Com carências, Cuca pede lateral ex-Barça e Seleção

Lateral-esquerdo de origem, Adriano chegaria também para a lateral direita do São Paulo, uma das duas posições que Cuca considera mais carentes no elenco

23 mai 2019
14h10
atualizado às 14h35
  • separator
  • comentários

Além de Juan Dinenno, centroavante argentino do Deportivo Cali (COL), Cuca sugeriu o nome do lateral-esquerdo Adriano, do Besiktas (TUR) à diretoria do São Paulo. Com essas duas contratações, o técnico acredita que o elenco estará pronto para o segundo semestre.

Adriano joga na Turquia, mas o contrato está perto do fim (Foto: Reprodução / Twitter)
Adriano joga na Turquia, mas o contrato está perto do fim (Foto: Reprodução / Twitter)
Foto: LANCE!

Embora seja lateral-esquerdo, Adriano chegaria ao São Paulo, a princípio, para jogar na direita. Essa é a posição que o treinador julga ser a mais carente, além do comando do ataque. Ele já havia levado o nome à diretoria do Santos no ano passado.

Bruno Peres está emprestado pela Roma (ITA) até dezembro, mas já não tem sido utilizado e deve sair no meio do ano. Hudson, volante improvisado, não tem a força ofensiva que Cuca considera ideal, enquanto Igor Vinícius, embora venha agradando, ainda oscila.

Cria do Coritiba, Adriano está com 34 anos e tem contrato com o Besiktas apenas até o meio deste ano. Isso não significa, porém, que seja um jogador barato. Salários e luvas - além de possíveis concorrentes, no Brasil e fora - podem dificultar a vida do São Paulo.

Antes do Besiktas, onde está há três anos, Adriano jogou no Sevilla (ESP) e no Barcelona (ESP), onde foi multi-campeão. Ele também colecionou convocações para a Seleção Brasileira.

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade