PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Justiça condena União a restituir Flamengo em mais de R$ 150 mil; entenda o caso

Clube receberá valor por conta de pagamentos indevidos registrados desde 2015 na Timemania. Decisão ainda cabe recurso

22 abr 2021
15h22 atualizado às 15h22
0comentários
15h22 atualizado às 15h22
Publicidade

O Flamengo obteve uma vitória parcial fora das quatro linhas que poderá render uma quantia de dinheiro aos cofres do clube. Nos últimos dias, a Justiça condenou a União a restituir R$ 153.381,60 ao Rubro-Negro por conta de pagamentos indevidos registrados desde 2015 na Timemania. A informação foi divulgada pelo portal "Esporte News Mundo".

Rodolfo Landim, atual presidente do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Rodolfo Landim, atual presidente do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Foto: Lance!

Em setembro de 2020, o Flamengo havia entrado na Justiça contra a União cobrando uma restituição milionária de R$ 3.596.255,42. A decisão mais recente atende parcialmente o pedido do Rubro-Negro. O caso ainda cabe recurso de ambas as partes.

O juiz federal Carlos Guilherme Francovich Lugones, da 22ª Vara Federal do Rio da Justiça Federal do Rio de Janeiro (JFRJ), foi o responsável pela decisão. No documento, ele afirma que "a própria UNIÃO reconheceu que o pagamento efetuado pelo autor em 03/11/2015, através do código de receita 0176, no importe de R$ 153.381,60, configura pagamento indevido, pois não foi alocado ao parcelamento".

Sobre o restante do pedido do Flamengo, o juiz argumentou que "os recolhimentos efetuados pelo autor em 31/08/2015, 02/09/2015, 30/09/2015 e 01/10/2015, sob o código de receita 0176, a ré demonstrou que repercutiram na própria conta do parcelamento TIMEMANIA, abatendo os juros e amortizando o principal".

Timemania é um jogo de loteria organizado pelo Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, e regulamentado desde 2017.

Lance!
Publicidade
Publicidade