2 eventos ao vivo

Jovem volante recrutado por app que faz 'peneira', joga no Cruzeiro e chama a atenção do Barcelona

Luiz Otávio, de 13 anos, vem destacando na categoria de base celeste, conseguiu o olhar mais atento de Eric Abidal, dirigente do clube espanhol, quando visitou a Toca da Raposa

12 fev 2020
06h52
atualizado às 06h52
  • separator
  • 0
  • comentários

O acesso ao universo do futebol dependia de um esforço dos aspirantes a jogador irem até os clubes, conseguir se inscrever nas "peneiras", ou contar com a sorte de um olheiro estar no local certo para achar um talento.

Todavia, como estamos em uma era de facilidades com a tecnologia, que tenta reduzir distâncias e criar pontes em diversos segmentos, o futebol está andando a passos largos para se adequar à nova realidade do esporte, em que se é possível tentar o sonho de ser jogador de forma acessível e até à distância.

Pelo menos é a ideia do app Wit Soccer. A ferramenta é um sistema inteligente de triagem e desenvolvimento de atletas das categorias de base. A missão do app é fazer a conexão entre clubes e atletas aumentando a assertividade na captação e fornecendo avaliações precisas e detalhadas. Os testes foram desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar de acadêmicos do esporte, para a maior assertividade possível na avaliação de um jogador de futebol.

Na prática, o candidato a jogador faz um teste online, que é postado na plataforma e, caso seja bem avaliado, irá para um teste presencial, que pode render um encaminhamento para algum clube parceiro do aplicativo.

O app já encaminhou oito atletas em definitivo a categoria de base clubes brasileiros, sendo o Cruzeiro o maior beneficiado, com seis jogadores. Foram realizadas, em 2018, duas avaliações em Belo Horizonte, com mais de 500 garotos sendo observados.

Da peneira virtual, para ser observado pelo Barça

E, um desses garotos vindos do app e atuando na Raposa, já chamou a atenção de um dos gigantes do futebol mundial: o Barcelona. O volante Luiz Otávio, de 13 anos, que atua no sub-14 do clube azul, conseguiu uma observação mais atenta de Éric Abidal, ex-jogador do clube catalão, e atual secretário técnico da equipe espanhola.

Abidal esteve na Toca da Raposa em outubro de 2019 para um visita e pode observar de perto vários jovens do Cruzeiro. Entretanto, o dirigente do Barça já tinha uma observação na mente: Estevão Willian, de 12 anos, chamado de "Messinho" no clube celeste. Porém, Abidal, que era zagueiro, conseguiu identificar em outro garoto qualidades de um jogador moderno de meio de campo defensivo. Era Luiz Otávio, canhoto, que demonstrava força mental e qualidade de um meio de campo moderno.

Antes de ir para a Raposa, o menino fez o download do app, fez a triagem virtual e depois em um evento presencial, conseguiu passar nos testes e ser encaminhado para o Cruzeiro.

-Quando o Abidal acompanhou o Estevão, ele também viu o Luiz e gostou do menino. Daí, ele procurou os representantes do Cruzeiro e depois os pais dele com um aceno sobre a possibilidade de levar o jovem para a base do Barcelona- disse Taciano Pimenta, CEO do app Wit Soccer e representante de Luiz Otávio.

A ida para o clube espanhol e jogar na famosa base do Barça, a La Masia, gerou alegria nos familiares de Luiz Otávio, mas o pai do garoto dizia estar satisfeito com ele no Cruzeiro, mostrando ter "pés no chão" com o futuro do garoto.

Luiz Otávio já conseguiu chamar a atenção do Barcelona com apenas 13 anos- (Divulgação)
Luiz Otávio já conseguiu chamar a atenção do Barcelona com apenas 13 anos- (Divulgação)
Foto: Lance!

-O Luiz demonstra muita maturidade pela idade, tanto que já atua uma categoria acima, está no sub-14. E sua família segue o mesmo caminho, sem pressa. Trabalhamos com esses meninos que o futebol é bom, mas tiramos o glamour, sem tirar o sonho de jogar bola. E, ele entende bem isso. É um menino bem dedicado, com força mental incrível. Temos até de conversar com ele pelo seu alto grau de cobrança consigo mesmo, perfeccionista.- disse Taciano, que entende o porquê do volante ter chamado a atenção de Abidal.

-Ele e sua família sabem que muito talentos se perdem no caminho. Por isso, conversamos muito com o pai e com a mãe que agora, ele precisa trabalhar mais do que todo mundo para se tornar um atleta. E, o Luiz mostra isso. É um menino tranquilo, bom garoto. Tem perfil de vencedor. Ele fica bravo quando não vai bem-contou.

Possibilidade de ida para o Barça no futuro é real

Com os predicados citados por seu representante e a aprovação de Abidal com o futebol de Luiz Otávio, mesmo ele sendo menor de idade, existe chance dele seguir rumo para o clube catalão segundo seu agente.

-Após esse contato com o Abidal, houve sim outro contato de um representante do Barcelona, no Rio, que marcou uma reunião presencial. Daí, avisei ao Cruzeiro e aos pais do Luiz. Somos muitos transparentes em nossa relação com o clube. Avisei ao Ricardo Drubsky(diretor das categorias de base da Raposa). Sabemos da dificuldade de sair pela idade e também não vai sair sem o aval do clube. Mas, existe sim uma chance de acontecer um negócio no futuro. Até, quem sabe, o Luiz ir para um período de adaptação- disse Taciano Pimenta.

E, a ponte BH-Barcelona pode ser criada de vez, pela ligação que o agente do menino tem com o Assis, irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, ídolo eterno do Barça.

-Temos contato com o Assis e agora vamos deixar ele fazer pontes com o clube(Barcelona) sobre o Luiz e quem sabe outros negócios-concluiu. Será mais um caso de exportação precoce de "pé de obra" que o torcedor irá conhecer somente daqui a alguns anos?

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade