8 eventos ao vivo

Jornal: Intoxicação pode ter sido causa de acidente de Emiliano Sala

De acordo com a reportagem do jornal inglês 'The Guardian', um alto nível de vazamento de monóxido de carbono pode ter sido o fator providencial para o acidente aéreo

14 ago 2019
16h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Aproximadamente sete meses depois, o acidente aéreo do jogador Emiliano Sala ainda tem seus desdobramentos. Nesta quarta-feira, o jornal inglês 'The Guardian' publicou uma reportagem onde atesta que um alto nível de monóxido de carbono, encontrado na autópsia do corpo do jogador, pode ter sido um fator preponderante para a tragédia.

Homenagens para Emiliano Sala (Foto: LOIC VENANCE / AFP)
Homenagens para Emiliano Sala (Foto: LOIC VENANCE / AFP)
Foto: Lance!

Os exames toxicológicos feitos no corpo de Sala constararam um alto nível de monóxido de carbono no sangue do jogador, o que se encontrado em alta quantidade pode causar ataques cardíacos, desorientações e convulsões.

- Os perigosos níveis de monóxido de carbono encontrados no corpo de Emiliano Sala levantam muitas questões entre os familiares do jogador. A forma que ele morreu determinará o curso do inquérito. A família acredita que é necessário um detalhado exame técnico do avião. A família e o público precisam saber como o monóxido de carbono entrou na cabine. A segurança de futuros voos envolve saber o máximo possível sobre essa questão - disse Daniel Machover, advogado que representa a família do atleta ao 'Guardian'.

Os responsáveis pela autópsia feita pela Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB, em inglês), disseram que o cockpit do avião não se soltou da cabine, o que dá a entender que o corpo do piloto Dave Ibbotson, que ainda não foi encontrado, também teria sido submetido às substâncias, e por isso possa ter perdido o controle do avião.

Ainda de acordo com o 'The Guardian', o monóxido de carbono é incolor e inodoro, e é produzido em grande quantidade pelo motor do avião. No entanto, deveria ser extraído pelo sistema de exaustão da aeronave, mas um possível vazamento no sistema de aquecimento e ventilação pode ter levado o gás diretamente para a cabine onde estava o piloto e o jogador.

Os investigadores ainda não chegaram a um veredito sobre o acidente, mas que esta atualização da AAIB pode ser um fator importante para entender o motivo do avião ter perdido altura em poucos segundos após um giro de 180 graus antes de cair. No entanto, ainda existem alguns fatores a serem investigados como as condições do avião e a validade da licença do piloto Dave Ibbotson.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade