0

Goiás: torcedor morre baleado por policial no Serra Dourada

Helenio Rodrigues Cardoso Filho faleceu durante um cirurgia de emergência. Policial foi preso em flagrante, teve sua arma apreendida e aguardará investigações

1 nov 2019
11h20
atualizado às 12h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Reprodução

Um torcedor do Goiás morreu, na noite desta quinta-feira, na saída do Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Após o empate de 2 a 2 entre Goiás e Flamengo, Helenio Rodrigues Cardoso Filho, de 30 anos, teria sido baleado pelo policial civil Gabriel Tortura Chaves no estacionamento do estádio.

Segundo as informações iniciais da Polícia Militar, houve um desentendimento entre torcedores rivais após o fim da partida, do lado de fora do estádio. Helenio teria sido levado ao Hospital de Urgências de Goiânia, no entanto, faleceu durante a cirurgia de emergência.

Ainda segundo as informações locais da TV Anhanguera, o policial foi preso em flagrante. O policial Gabriel Tortura Chaves foi autuado pelo crime de homicídio tentado, segundo nota oficial da Polícia Civil.

Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, além de ter sua arma apreendida. O crime será investigado pela Delegacia de Investigações de Homicídios. A partida entre os clubes pelo Brasileirão teve público presente de 38.345 torcedores, um dos maiores públicos do Goiás no estádio.

Veja também: 

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade