Logo do

Fluminense

Meu time

Fluminense termina temporada com mais de R$ 6 milhões de prejuízo nos jogos

Orçamento de 2021 projeta ganhos em bilheteria, mas volta do público aos estádios ainda não tem previsão com a pandemia descontrolada no Brasil

2 mar 2021
0comentários
Publicidade

Clube com maior prejuízo em jogos como mandante no Campeonato Brasileiro, o Fluminense fechou a temporada de 2020 com mais de R$ 6 milhões de déficit em suas partidas. A expectativa é que os números ainda piorem ao longo de 2021, já que não há previsão da retomada de público nos jogos enquanto a pandemia da Covid-19 segue descontrolada no Brasil. No orçamento para este ano, porém, a diretoria tem uma previsão de arrecadar R$ 19 milhões em bilheteria.

Maracanã em dia de jogo do Fluminense pelo Campeonato Brasileiro (Foto: Reprodução/Twitter)
Maracanã em dia de jogo do Fluminense pelo Campeonato Brasileiro (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Lance!

De acordo com borderôs da Ferj, Conmebol e CBF, o número total é de R$ 6.147.958,90 no vermelho. No Brasileirão, o Flu é seguido pelo Flamengo nos altos prejuízos. Isso mostra como ainda são elevados os custos do Maracanã, mesmo com os dois clubes fazendo a gestão do espaço. Só na competição nacional foram R$ 3.554.019,74 que o Tricolor precisou desembolsar para atuar.

Vale lembrar que o clube já tinha essa conta negativada mesmo nos primeiros jogos da temporada, antes da paralisação, quando somou R$ 1.618.738,01 de prejuízo em 13 partidas, sendo apenas uma delas com portões fechados. Em cinco destes jogos o Fluminense foi visitante, mas ajudou a arcar com os gastos (Cabofriense, Bangu e Vasco) ou dividiu o lucro (Flamengo e Moto Club). Em termos de comparação, em 2018 o Flu fechou a temporada inteira com déficit de R$ 4,5 milhões nos jogos como mandante.

A média de público omo mandante vinha sendo é de 16.255 pagantes. O maior foi no clássico contra o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca, que levou 53.571 pessoas que pagaram ingresso ao Maracanã. Em segundo vem a partida contra o Unión La Calera, pela Sul-Americana, com 16.528 pagantes.

O Fluminense projetava um aumento nos ganhos com bilheteria para esta temporada, especialmente com o crescimento do programa de sócio-torcedor em certo momento e com a contratação de Fred. No entanto, não houve o retorno dos torcedores e o número de associados vem caindo ao longo dos meses. Até houve um aumento pequeno após a classificação para a Libertadores, mas voltou a entrar em queda.

A competição continental, inclusive, poderia ser um incentivo para a meta do clube de melhorar a bilheteria na temporada. O Flu não disputa a Libertadores desde 2013.

O Fluminense teve bons números como mandante na temporada, terminando, inclusive, como terceiro melhor atuando em casa no Campeonato Brasileiro. No total, foram 33 jogos, sendo 18 vitórias, oito empates e sete derrotas. Foram 56 gols marcados e 26 sofridos.

Lance!
Publicidade
Publicidade