3 eventos ao vivo

Ex-mulher aciona Pelé por atraso no pagamento de pensão

Assíria do Nascimento cobra valores de pensão que deveriam ter sido pagos a ela e aos filhos Joshua e Celeste, ambos de 23 anos. Repasses estariam suspensos desde março

14 ago 2020
13h04
atualizado às 13h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Assíria do Nascimento, ex-mulher de Pelé, entrou na Justiça alegando atrasos no pagamento da pensão alimentícia dela e dos filhos Celeste e Joshua, ambos de 23 anos. O valor da ação, noticiada inicialmente pela Folha de S.Paulo, é de cerca de R$ 375 mil.

Pelé está sendo processado pela ex-mulher por atraso no pagamento de pensão (Foto: Franck Fife/AFP)
Pelé está sendo processado pela ex-mulher por atraso no pagamento de pensão (Foto: Franck Fife/AFP)
Foto: Lance!

De acordo com a reportagem, cada um dos filhos tem direito a uma pensão de nove salários mínimos mensais, enquanto a ex-mulher do craque recebe 24 salários mínimos por mês.

Assíria alega que Pelé passou a pagar os valores parcialmente em agosto de 2019 e suspendeu os repasses em março deste ano. Em 26 de junho, o juiz Alexandre Morgan de Godói determinou que ele faça o pagamento dos valores desde março com acréscimo de juros assim que for comunicado por um oficial de Justiça.

De acordo com a Folha, o advogado de Pelé, Paulo Arantes, afirmou que entrou com uma ação revisional para redefinir os valores de pensão.

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade