0

Elenco do Palmeiras participa em peso de campanha de doação para conter o avanço do coronavírus

Palmeirenses cederam suas camisas autografadas para o projeto Desafio Corona. Esses produtos serão vendidos para a arrecadação de recursos para o combate da pandemia

30 mar 2020
12h44
atualizado às 14h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mesmo durante a paralisação das atividades, o meio do futebol tem se mostrado engajado no combate à pandemia de coronavírus que assola o Brasil e o mundo. Desta vez um time de jogadores se juntou para arrecadar recursos para conter a disseminação do vírus e o elenco do Palmeiras em peso aderiu à campanha e cedeu camisas autografadas para serem revertidas em doação.

Parte do elenco do Palmeiras aderiu à campanha de combate ao avanço do coronavírus (Foto: Cesar Greco)
Parte do elenco do Palmeiras aderiu à campanha de combate ao avanço do coronavírus (Foto: Cesar Greco)
Foto: Lance!

O nome do projeto é Desafio Corona, que é o resultado da mobilização de amigos e empresas, que viram no futebol a oportunidade de abrir mais uma frente de doações e contribuições no combate contra a pandemia. Os jogadores participantes doaram, gentilmente, imagem e camisas, independentemente de iniciativas que cada um possui de forma individual.

Somente do Palmeiras, 12 jogadores do atual elenco fizeram questão de participar da campanha cuja verba será utilizada para a compra de equipamentos fundamentais para o combate ao coronavírus, como respiradores, luvas e máscaras. Os produtos serão enviados a hospitais de diversas regiões do Brasil, de acordo com a necessidade e viabilidade.Os palmeirenses que aderiram ao Desafio Corona são: Bruno Henrique, Dudu, Gabriel Verón, Gustavo Gómez, Gustavo Scarpa, Luan, Lucas Lima, Luiz Adriano, Marcos Rocha, Vitor Hugo, Wéverton e Willian (a primeira vendida). Todos eles doaram suas camisas do Verdão autografadas. O preço delas varia entre R$ 3 mil e R$ 4 mil. O prazo de entrega é de 90 dias, devido à situação atual do país.

Além dos atletas do elenco atual, o atacante Felipe Pires, atualmente no futebol croata, e os ídolos Marcos e Zé Roberto participam da campanha. São Marcos cedeu uma camisa de produzida pela Puma em homenagem ao uniforme de goleiro que o consagrou no final dos anos 90. Já Zé colocou à disposição uma camisa do Bayern de Munique, clube com o qual é bastante identificado.

O Instituto da Criança será o parceiro social responsável pela gestão das doações, prestação de contas e apresentação de resultados do Desafio Corona. O projeto também irá oferecer assistência às famílias economicamente afetadas pela crise, doando recursos necessários para o dia a dia, como alimentação e materiais de higiene e limpeza.

Alisson, do Liverpool, e o ex-jogador Denilson são embaixadores da campanha, que também tem a participação de outros nomes como Kaká, Robinho, Keno, Caio Ribeiro, entre outras figura importantes do esportes. Para maiores informações sobre o projeto e para ver a lista completa de jogadores que disponibilizaram suas camisas, acesse o site do Desafio Corona.

Veja também:

Jogar em casa não está fazendo a diferença no Campeonato Alemão. Entenda o cenário
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade