0

Diretoria do Bayern exige respeito e garante permanência do treinador

Karl-Heinz Rummenigge disse: 'não vamos aceitar mais as críticas'. Niko Kovac está mantido no cargo e ganhou um voto de confiança do clube bávaro

19 out 2018
12h45
  • separator
  • comentários

A diretoria do Bayern de Munique manteve Niko Kovac como técnico para a sequência da temporada. Em entrevista coletiva, que contou com os grandes nomes da cúpula bávara, os dirigentes falaram do período conturbado que vive o time dentro de campo e deram um voto de confiança ao treinador, garantindo que não aceitarão mais as críticas que chegam por todos os lados: "não vamos mais tolerar isto".

Rummenigge e Hoeness participaram de entrevista coletiva nesta sexta-feira (Foto: Christof Stache / AFP)
Rummenigge e Hoeness participaram de entrevista coletiva nesta sexta-feira (Foto: Christof Stache / AFP)
Foto: Lance!

Participaram da entrevista o presidente Uli Hoeness, o presidente do Conselhor Diretivo, Karl-Heinz Rummenigge, e o diretor esportivo, Hasan Salihamidzic.

- Estamos os três de acordo em uma coisa: não vamos aceitar mais as críticas. O que houve foi um ajuste de contas com determinados jogadores - afirmou Rummenigge, sobre as críticas dirigidas a jogadores após a derrota da Alemanha para a Holanda por 3 a 0, no último sábado, pela Liga das Nações:- Não tenho palavras para as coisas que tenho lido sobre Manuel Neuer. Foi quatro vezes Luva de Ouro e tudo o que criou dentro de campo ninguém pode discutir ou desvalorizar - destacou o presidente do Conselho Diretivo do Bayern.

Rummenigge defendeu também os zagueiros Boateng e Hummels, que foram apontados como os principais culpados pela derrota da Alemanha.

- A polêmica parece não conhecer limites. Isso é válido para os jornalistas, para os experts e para os experts que no passado jogaram neste clube. Hoje é um dia importante, já que informamos vocês que não toleraremos mais reportagens depreciativas e zombeteiras. Protegeremos nosso técnico, nossos jogadores e o clube. É revoltante, desrespeitoso e controverso. Exigimos informação objetiva. Não sei se existem leis especiais para a mídia, mas não aceitaremos mais este tipo de reportagem.

A entrevista coletiva foi convocada na última quinta-feira e se esperava que o técnico Niko Kovac fosse demitido. Isso porque o Bayern de Munique está na modesta sexta colocação do Campeonato Alemão, a quatro pontos do Borussia Dortmund. A equipe bávara não vence a quatro jogos.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade