0
Logo do Flamengo
Foto: terra

Flamengo

Diego faz balanço do ano e projeta 'título de peso' no Flamengo em 2019

Camisa 10 lamentou nova temporada sem conquistas no Rubro-Negro

6 dez 2018
10h03
  • separator
  • comentários

O Flamengo não chegou às finais do Estadual e da Copa do Brasil, caiu ainda nas oitavas da Libertadores e terminou o ano como vice-campeão brasileiro. Dentro da expectativa gerada pelos investimentos do clube nos últimos anos, os resultados de 2018 não foi o que torcida, diretoria e jogadores esperavam.

Em 2019, Diego disputará sua quarta temporada como jogador do Rubro-Negro (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Em 2019, Diego disputará sua quarta temporada como jogador do Rubro-Negro (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

Assim, o balanço feito pelo camisa 10 Diego sobre a temporada não é positivo.

- Desde que cheguei foram três vice-campeonatos. Coisas boas aconteceram, mas precisamos conquistar títulos de peso. Por alguma razão, e precisamos encontrá-la, não conseguimos. Precisamos evoluir - analisou o meia do Fla, após a última partida do ano: derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR no Rio.

Recepcionado com grande festa da torcida, Diego chegou à Gávea em julho de 2016 e conquistou o título estadual em 2017. Neste mesmo ano, o Flamengo perdeu as finais da Copa Sul-Americana e Copa do Brasil para Independiente, da Argentina, e Cruzeiro, respectivamente. Em 2018, vice-campeão brasileiro.
Assim, Diego termina o ano questionado, sem ter sido um jogador decisivo nas principais partidas da equipe no ano. No entanto, o Flamengo conseguiu a vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores pelo terceiro ano consecutivo. A conquista da América, mais uma vez, será o grande objetivo do Rubro-Negro.

- Grandes desafios vêm pela frente. Não terminamos o ano como planejamos, mas vamos ficar com o que fizemos de bom. E vamos evoluir para conquistar o tão sonhado título - projetou Diego, que tem contrato válido até julho de 2019.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade