0

De 'vilão' no Gre-Nal a titular, Nonato agradece apoio

Meio-campista acabou sendo expulso em clássico ainda pelo Gauchão, mas vem ganhando pontos com Odair Hellmann e a torcida

16 mai 2019
16h01
atualizado às 16h28
  • separator
  • comentários

A expressão "Nada como um dia após o outro" cabe de maneira precisa nas situações que já viveu o jovem meio-campista Nonato em 2019 pelo Internacional. Após um começo promissor, a expulsão no Gre-Nal da fase classificatória do Campeonato Gaúcho onde a equipe perdeu na Arena por 1 a 0 poderia significar um fim precoce da chance de sequência no clube.

Porém, com a contusão recente de Patrick, ele voltou a atuar e se mantém em um nível que tem saltado aos olhos tanto do torcedor como de Odair Hellmann, desempenho esse premiado com o gol que abriu o marcador na vitória do Brasileirão por 3 a 1 sobre o Cruzeiro na última rodada.

(Foto: Divulgação/ Twitter)
(Foto: Divulgação/ Twitter)
Foto: LANCE!

Em entrevista coletiva na última quarta-feira (15), ele foi o escolhido para falar com os jornalistas no CT Parque Gigante e teve a oportunidade de explicar como o trabalho diário tanto no aspecto tático como psicológico feito por Odair tem sido fundamental para a sua evolução.

"Odair sempre vem conversando comigo. Ele trabalho muito essa variação tática e eu me sinto bem de atuar naquela posição. O Odair me dá liberdade de atuar mais por dentro, como por fora. Estamos conversando dia a dia. É muito bom ter sequência, ter ritmo de jogo, claro que quem ele escolher vai estar apto a jogar, mas sempre é bom ter sequência."

Apesar do momento positivo, Nonato sabe que as coisas podem mudar rapidamente no dinâmico mundo do futebol e procura ter tranquilidade para saber administrar as diferentes fases.

"Não posso achar que porque fiz um com gol que está tudo certo, ou também se eu não fiz está tudo errado. É natural. Fiquei muito feliz pelo gol, por ajudar a equipe, a gente sabe que precisa seguir uma linha de trabalho. Primeiro gol como profissional é sempre inesquecível. Hoje estou essa oportunidade de ter sequência nos jogos e com o Odair. Acredito que com essa sequência vou poder mostrar quem é o Nonato", avaliou o jovem de apenas 21 anos de idade.

A tendência é que ele siga no time titular que, no próximo domingo (19) às 16 h (horário de Brasília), recebe no Beira-Rio o CSA.

Veja também:

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade