0

Com recorde, Duda/Elize vence Larissa/Talita é campeã em Goiânia

25 out 2015
15h38
  • separator
  • comentários

A etapa de Goiânia do Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open 2015/2016 entrou para a história neste domingo com a quebra de um recorde. Duda/Elize Maia (SE/ES) superaram Larissa/Talita (PA/AL) na final, de virada, por 2 sets a 1, parciais de 18/21, 21/17, 15/10, na arena montada no estacionamento do Flamboyant Shopping. Coma a vitória, Duda, de 17 anos, se tornou a atleta mais jovem a vencer uma etapa do tour nacional.

Duda (esq) e Elize Maia comemoram primeiro ouro no Brasileiro
Duda (esq) e Elize Maia comemoram primeiro ouro no Brasileiro
Foto: Alexandre Arruda / CBV

Foi também o primeiro ouro no Circuito Brasileiro para a capixaba Elize Maia, que aos 31 anos vive a melhor fase da carreira na parceria com a jovem sergipana. Além de vencerem a dupla que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, Duda e Elize encerraram uma sequência de 42 jogos invictos e seis títulos seguidos de Larissa/Talita.

A medalha de bronze ficou com Ágatha e Bárbara Seixas (PR/RJ), dupla que também representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016. A paranaense e a carioca, eleitas a melhor dupla do Circuito Mundial 2015, venceram Ângela e Rachel (DF/RJ) por 2 sets a 0 (21/8, 21/13). Foi a 24ª medalha da parceria em etapas nacionais.

Após o título, Duda afirmou que a dupla adversária é uma referência na carreira dela, que está apenas começando. A jogadora ressaltou também a importância desta primeira vitória.

- É um sonho! Tivemos um jogo muito difícil contra uma dupla cheia de títulos e que está classificada aos Jogos Olímpicos de 2016. Então entramos para fazer o que sabíamos. Era o último jogo do campeonato e precisávamos fazer o nosso melhor. Estou sem palavras para agradecer. O tie-break foi uma tremedeira, disputado a cada ponto. Quando a Elize conseguiu um bloqueio no meio do set, vimos que era possível. A Larissa inspira a todos, foi incrível. Acho que nem vou conseguir dormir esta noite - disse Duda.

Técnica da dupla e mãe de Duda, Cida, que também foi jogadora do circuito brasileiro de vôlei de praia, não escondeu a felicidade pelo triunfo da filha. A treinadora se disse orgulhosa da herdeira. 

- A emoção é muito grande. Sabíamos que a disputa de primeiro lugar seria muito difícil, pois teriam pela frente as campeãs brasileiras. A Larissa que é uma excelente defensora, a Talita uma bloqueadora muito boa. Fomos conquistando o nosso ponto a ponto, a Duda brilhou muito na defesa, acredito que isso foi o diferencial. Esse foi o lado técnica falando, pois o lado mãe é só orgulho, estou sentindo uma emoção fora do comum - disse.


Dupla Duda/Elize Maia abraça a técnica Cida após o título em Goiânia, neste domingo (Alexandre Arruda/CBV)

Ex-modelo profissional, a capixaba Elize Maia lembrou e agradeceu o apoio que teve da família para conseguir triunfar no vôlei de praia. 

- Está passando um filme na minha cabeça. Quando comecei, via essas meninas subindo no pódio e sonhava em realizar isso. Hoje eu estou vivendo esse sonho, mas sei o quanto trabalhei e batalhei para estar aqui. É muito bom conquistar isso ao lado da Duda, que é uma pessoa muito meiga. Queria agradecer muito à minha família, me acompanharam nesses dez anos, assim como todas as comissões técnicas com quem já trabalhei. E agradecer também ao meu marido Vinícius, que há quase dez anos cuida da minha preparação física, agradeço demais aos nossos fãs também - disse Elize Maia.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade