PUBLICIDADE

Clubes da Premier League recusam mudança para cinco substituições

Apesar da pressão de Associação de Jogadores, Federação Inglesa, Klopp e Guardiola, clubes só poderão realizar três substituições por partida até o final do torneio

17 dez 2020 11h53
ver comentários
Publicidade

Após votação, a Premier League recusou o uso de cinco substituições durante uma partida do Campeonato Inglês. Em reunião com representantes dos 20 clubes, 10 votaram a favor da mudança da regra, enquanto outros 10 votaram contra o maior número de alterações. Apesar disso, as equipes poderão contar com nove atletas no banco de reservas.

Klopp é um dos técnicos mais favoráveis a regra de cinco substituições (Bo Amstrup / Ritzau Scanpix / AFP)
Klopp é um dos técnicos mais favoráveis a regra de cinco substituições (Bo Amstrup / Ritzau Scanpix / AFP)
Foto: Lance!

A medida foi posta em votação pela terceira vez desde agosto após grande pressão da Federação Inglesa e da Associação de Jogadores. Além disso, 15 dos 20 técnicos de times da primeira divisão da Inglaterra eram favoráveis as cinco substituições, sendo Guardiola e Klopp os mais entusiastas da ideia.

Personagens dos times mais modestos contestam que o número maior de alterações nas partidas iriam favorecer os elencos mais fortes da competição. Por outro lado, os grandes times argumentam que o objetivo é diminuir o número de lesões por conta do calendário apertado desta temporada devido a pandemia da Covid-19.

Lance!
Publicidade
Publicidade