0

Chama a base! João Pedro e Marcos Paulo mudam panorama do Flu

Fernando Diniz mostra confiança e os dois meninos da base são fundamentais para a conquista do empate diante do Cruzeiro, pelas oitavas da Copa do Brasil

16 mai 2019
07h02
  • separator
  • comentários

Diante das chances criadas e do resultado final, o empate entre Fluminense e Cruzeiro provavelmente foi pior para o clube das Laranjeiras. Um fator que pode animar os ânimos dos torcedores do Tricolor é uma dupla que Fernando Diniz promoveu em campo: João Pedro e Marcos Paulo, ambos da base.

João Pedro e Marcos Paulo comemoram o gol do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
João Pedro e Marcos Paulo comemoram o gol do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

Apesar de contar com opções mais experientes no banco de reservas, o técnico optou por colocar os dois jovens contra o Cruzeiro. O resultado foi praticamente imediato, já que ambos foram essenciais para a remontada do Tricolor nos minutos finais e, por isto, podem receber mais chances no futuro.

Marcos Paulo entrou com 31 minutos e, logo nos primeiros toques na bola, melhorou a produção ofensiva do Fluminense, atuando mais perto da área adversária. Nesta função, o menino, já negociado com o Watford, exerceu uma função essencial, ajudando Paulo Henrique Ganso na criação e ocupando a entrelinha da Raposa. O menino quase foi recompensado com um gol, mas o travessão foi um obstáculo.João Pedro, por sua vez, foi o dono dos holofotes. Fernando Diniz deu a dura missão de 'resolver', já nos instantes finais do duelo, mas o menino, mesmo com cerca de dez minutos em campo, se tornou o herói. Mostrou presença de área e oportunismo para aproveitar o desvio de Matheus Ferraz, completar para o fundo das redes e fazer a festa dos tricolores no Maracanã.

- O Marcos Paulo entrou bem, o João Pedro fez o gol, Isso é bom para mim. Vamos ganhando opções para a sequência. Conforme os treinamentos vão acontecendo e os jogadores vão ganhando maturidade, eles vão ganhando espaço. O futebol não tem muita receita. Não é o treinador que escala simplesmente porque quer. Os jogadores vão mostrando nos treinamentos, quando têm oportunidade de jogar e vão ganhando espaço. É uma coisa natural que está acontecendo - afirmou Fernando Diniz, sobre os meninos.

Diante de um momento conturbado, com a lesão de Pedro e a saída de Everaldo, Fernando Diniz pode ter 'ganho' mais duas opções ofensivas para o restante da temporada. João Pedro e Marcos Paulo mostraram que podem superar a pouca idade com personalidade e, acima de tudo, qualidade, agregando ao estilo de jogo exercido por Fernando Diniz.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade