0

Cano ultrapassa Gabigol e entra novamente na briga pela artilharia do futebol brasileiro em 2020

Atacante do Vasco marcou duas vezes no fim de semana

16 nov 2020
13h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Germán Cano não marcava um gol desde o dia 13 de setembro, quando o Vasco bateu o Botafogo por 3 a 2. Coincidência ou não, desde essa data o time de São Januário não vencia no Campeonato Brasileiro. Jejuns encerrados neste sábado, na Ilha do Retiro, quando o argentino anotou os dois tentos do triunfo carioca por 2 a 0 sobre o Sport.

Cano é o artilheiro do Vasco na temporada (Divulgação Twitter/Vasco)
Cano é o artilheiro do Vasco na temporada (Divulgação Twitter/Vasco)
Foto: Lance!

Apesar da recente série ruim, Cano segue sendo um dos maiores artilheiros desta temporada no futebol brasileiro. Com os dois marcados no fim de semana, o atacante atingiu a marca de 18 bolas na rede em 33 partidas. Detalhe: o Vasco fez apenas 37 em todo o ano. Ou seja, o camisa 14 é o responsável por praticamente 50% dos gols da equipe em 2020.

Neste momento, o centroavante vascaíno é o 4º maior artilheiro do Brasil entre os jogadores que atuam na Série A, deixando para trás Marinho, do Santos, Brenner, do São Paulo, e Gabriel Barbosa, do Flamengo. Thiago Galhardo, do Internacional, com 21, lidera. Confira o ranking atualizado:

ARTILHEIROS DO FUTEBOL BRASILEIRO EM 2020

- Apenas jogadores da Série A

1º - Thiago Galhardo - Internacional - 21 gols em 41 jogos

2º - Pedro - Flamengo - 20 gols em 37 jogos

3º - Nenê - Fluminense - 19 gols em 37 jogos

4º - Germán Cano - Vasco - 18 gols em 33 jogos

5º - Marinho - Santos - 17 gols em 26 jogos

Brenner - São Paulo - 17 gols em 27 jogos

Gabigol - Flamengo - 17 gols em 28 jogos

8º - Bruno Henrique - 16 gols em 34 jogos

Diego Souza - Grêmio - 16 gols em 34 jogos

10º - Luiz Adriano - Palmeiras - 15 gols em 36 jogos

Vinícius - Ceará - 15 gols em 41 jogos

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade