PUBLICIDADE

Bartomeu tenta negociar redução salarial, mas jogadores e funcionários do Barcelona negam acordo

Presidente do clube catalão tenta reduzir em até 30% salário, mas encontra resistência. Jogadores e funcionários enviarão documento oficial dizendo que são contra a medida

16 out 2020 12h09
ver comentários
Publicidade

Em grave crise financeira, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, tentou negociar com os jogadores e funcionários do clube catalão uma redução salarial de 30%. No entanto, de acordo com informações da "RAC1", o corte não será aceito por parte dos trabalhadores.

Barcelona de Josep Maria Bartomeu enfrenta grave crise financeira (Foto: Lluis Gene / AFP)
Barcelona de Josep Maria Bartomeu enfrenta grave crise financeira (Foto: Lluis Gene / AFP)
Foto: Lance!

Segundo a rádio, jogadores e funcionários do Barça enviarão, nas próximas horas, um burofax (serviço de documentos urgentes oficiais na Espanha) para dizer que não aceitam a proposta do mandatário espanhol. O Barcelona descartou um corte salarial unilateral e não quer entrar em conflito com seus jogadores e funcionários.

Um dos clubes mais endividados da Europa, a situação do Barcelona se agravou ainda mais durante a pandemia de coronavírus, que trouxe uma grande crise financeira para o clube. No fim de março, o clube reduziu o salário dos jogadores em 70% para combater a crise.

Lance!
Publicidade
Publicidade