0

Barça pode pagar R$ 171 milhões ao Borussia se vender Dembélé em 2019

Segundo o 'As', se o clube transferir o atacante antes do contrato se encerrar, vai ter que pagar todas as bonificações expressas no acordo. Barça dificilmente não sairia no prejuízo

21 nov 2018
09h18
  • separator
  • comentários

O Barcelona tem tido dor de cabeça com Dembélé. Os casos de indisciplina do jogador foram passíveis de punição e o futuro do jogador no clube foi posto em cheque. Segundo o jornal alemão 'Die Welt', porém, se o Barça quiser vencer o jogador vai ter que pagar uma série de cláusulas expressas em seu contrato.

Dar uma segunda chance para Dembélé seria melhor aos cofres catalães (Foto: Reprodução/ Instagram)
Dar uma segunda chance para Dembélé seria melhor aos cofres catalães (Foto: Reprodução/ Instagram)
Foto: Lance!

O clube catalão pagou 105 milhões de euros (R$ 390,3 milhões, na cotação da época) para o Borussia Dortmund para contratar o francês, uma das maiores transações da história do clube. O contrato prevê também o pagamento de bonificações, em caso de Dembélé cumprir certos objetivos, tais como atingir uma marca expressiva de gols ou conquistar títulos.

Se o Barça vender Dembélé antes do término do contrato, que vai até 30 de junho de 2022, teria que pagar as bonificações ao clube alemão, que somam 40 milhões de euros (R$ 171,2 milhões). Alguns clubes estariam interessados, como Liverpool e Arsenal, que ofereceriam 65 milhões de euros (R$ 171,2 milhões)

O lucro do clube catalão seria menor e o prejuízo maior, tendo em vista o que foi investido e o que teria que ser pago. Dessa forma, seria melhor, sob o ponto de vista econômico, dar uma segunda chance ao atacante e focar em sua "recuperação".

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade