2 eventos ao vivo

Avassalador, São Bento passa pelo Vila Nova em 'jogo de seis pontos' da Série B

Primeiro tempo excelente dos comandados de Milton Mendes fez com que Bentão faturasse três pontos que "juntaram" as equipes na tabela de classificação

7 out 2019
21h56
atualizado às 21h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Os 45 minutos iniciais foram determinantes para o São Bento, recebendo a equipe do Vila Nova em Sorocaba pela 27ª Rodada da Série B, constituir importante vitória por 3 a 1. Com os gols feitos por Guilherme Romão, Minho e Zé Roberto (Bruno Mezenga descontou para o Vila), agora o Bentão vai ao 17° posto com 27 pontos e deixa o Tigrão justamente uma posição acima com somente duas unidades a mais.

Foto: Reprodução/Premiere
Foto: Reprodução/Premiere
Foto: Lance!

MÍSSIL CERTEIRO

Aos oito minutos, uma jogada pelo lado direito do ataque do Bentão (setor que desde já se mostrava "convidativo" a equipe paulista) rendeu cruzamento que, após desvio dentro da área, sobrou com espaço para Guilherme Romão aparecer batendo forte, cruzado, sem chance de defesa ao goleiro Rafael Santos.

E OS ESPAÇOS CONTINUAM...

Superior na movimentação ofensiva e pouco ameaçado na retaguarda, o Bentão se sentiu confortável para seguir buscando aumentar a dianteira, algo que conseguiu com 21 minutos. Após saída rápida para contra-ataque, Zé Roberto tocou para a infiltração de Minho que teve liberdade para sair frente a frente com Rafael Santos e bater forte, 2 a 0.

NA DIREITA DÁ JOGO!

De novo explorando o setor ofensivo de seu lado direito, o São Bento deixou o que estava bom ainda melhor com Marcos Martins fazendo o cruzamento em forma de assistência (o segundo dele no jogo) para Zé Roberto tocar com o peito, antecipando a marcação da zaga goiana, e fazer o terceiro do time de Sorocaba.TENTANDO MUDAR A HISTÓRIA...

Precisando evidentemente ser mais proativo e contundente do que conseguiu na etapa complementar, o Vila assumiu as rédeas do confronto e chegou perto de diminuir a desvantagem quando Alan Mineiro arriscou de média distância para a defesa complicada de Renan Rocha além de cobrança de escanteio desviada na primeira trave que passou rente a trave esquerda após leve desvio de Diego Rosa.

...MAS TENDO DE DEIXAR ESPAÇOS

Em meio a exposição quase que automática do seu sistema defensivo mediante a postura mais avançada das linhas, mesmo com o time do interior paulista não tendo o mesmo volume de jogo as oportunidades de marcar mais gols, ainda assim, apareciam.

E, em pelo menos duas delas com Rodolfo e Vinicius Kiss, faltou pontaria e colocar mais força na cabeçada para superar novamente Rafael Santos.

O DE HONRA E COM ESTILO

Já aos 38 minutos, em cobrança de falta, o atacante Bruno Mezenga esbanjou categoria ao bater de perna esquerda com uma perfeita mistura de força e precisão onde mandou a bola no extremo canto esquerdo do goleiro Renan Rocha. Bonito gol do time visitante para fechar a conta.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade