0

Atlético-MG empata com o Tombense e sai de campo vaiado pelo torcedor

Foi o segundo tropeço seguido do alvinegro dentro do Independência. O time que entrou em campo foi todo reserva e teve a estreia do colombiano Dylan Borrero

2 fev 2020
18h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O Atlético-MG decepcionou mais uma vez o seu torcedor ao empatar dentro do Independência pela segunda vez seguida. O Galo ficou no 1 a 1 com o Tombense, gols de Matheus Lopes para a equipe do interior, e Marquinhos, empatando para o alvinegro.

O resultado mantém o alvinegro entre os quatro melhores da competição, com oito pontos, mas gera nova insatisfação com o time, que ficou no 0 a 0, na rodada passada com o Coimbra.

O Tombense mostrou porque está entre os melhores do campeonato. O time de Tombos chegou aos cinco pontos, tendo ainda uma partida a menos no torneio, contra o Cruzeiro, que foi adiado em virtude das chuvas que assolam Minas Gerais.

O empate foi sentido pelo torcedor, que vaiou o time, mesmo sendo uma formação reserva, pois o Galo foca na estreia da Sul-Americana, quinta-feira, dia 6 de fevereiro, contra o Unión Santa Fé, da Argentina.

Galo todo modificado

Dudamel, pensando na estreia da Sul-Americana, trocou os dez atletas de linha, ficando apenas o goleiro Michael dos jogadores que atuaram até o momento. A aposta do treinador atleticano é o duo formado por Marquinhos e Dylan Borrero, estreante do Galo.

Tombense bem arrumada em campo

A equipe do interior mostrou boa organização tática e mais uma vez o Galo sentiu dificuldades em articular jogadas, principalmente pelas laterais do campo. Lucas Hernández e Patric, que poderiam ser válvulas de escape para o ataque, foram pouco acionados, concentrando as jogadas pelo meio de campo.

Pelo segundo jogo seguido, o Atlético-MG teve dificuldades contra uma equipe do interior, deixando sua torcida preocupada-(Foto: F8)
Pelo segundo jogo seguido, o Atlético-MG teve dificuldades contra uma equipe do interior, deixando sua torcida preocupada-(Foto: F8)
Foto: Lance!

Dylan Borrero estreia

A expectativa em cima do colombiano, de 18 anos, era grande por parte do torcedor, que queria ver de perto a "joia" comprada pelo alvinegro. Ele mostrou boa mobilidade, drible e velocidade, mas ainda está "cru" e demandará mais tempo para se encaixar no elenco. Todavia, vale a pena ter paciência com Dylan.

Tombense ao ataque e...Gol

Em um mau posicionamento da defesa atleticana, Matheus Lopes se infiltrou entre os zagueiros e cabeceou para o gol. Michael tentou bloquear o atacante, mas nada pode fazer. Tombense na frente. Com méritos.

Ricardo Oliveira na seca...Ainda!

Aos 26 minutos do primeiro tempo, o camisa 9 do Galo subiu mais do que a zaga, cabeceou forte para o chão, mas Felipe Garcia, goleiro do Tombense, fez grande defesa no chão, evitando o empate e mantendo a "seca" de gols de Ricardo, que não balança as redes desde setembro de 2019.

Ibson comandando o meio de campo

O experiente meia, de 36 anos, estava segurando o meio de campo do Galo, prendendo a bola, servindo aos companheiros. Dudamel percebeu isso e fez uma mudança que daria resultado imediato.

Allan entra e muda a dinâmica do time

Adriano não vinha fazendo uma boa partido,deixando o meio de campo do Tombense muito à vontade em campo. Dudamel resolveu lançar mão de Allan, um dos principais reforços do ano. A mexida foi boa, pois o volante comandou as ações do meio de campo, iniciando as jogadas da equipe com mais qualidade.

Lançamento e Allan, Marquinhos domina, chuta e...Golaço do Galo

Allan inverteu uma bola para a esquerda, Marquinhos dominou, driblou e mandou no ângulo de Felipe Garcia. Um lindo gol no Horto que aliviou a tensão do atleticano.

Marquinhos e Dylan "entram" mais no jogo

Após o golaço, Marquinhos assumiu o protagonismo do jogo e arriscou mais jogadas ofensivas, deixando Dudamel com um sorriso pelas ações da jovem revelação do Galo. Já Dylan Borrero, ficou mais à vontade na etapa final de jogo e conseguiu ficar mais perto dos atacantes, tendo até uma boa chance de marcar, mas chutou por cima do gol do Tombense.

Tombense ameaça

Do minuto 38 ao 42, do segundo tempo, o Tombense comandou as ações de ataque, ficando perto do gol de Michael e tendo em Cássio Ortega seu homem mais perigoso.

Novo tropeço em casa gera revolta do torcedor

Mesmo com um time reserva, o Atlético-MG não foi poupado pelo seu torcedor, que vaiou o segundo empate seguido dentro do Independências. Mais "cornetadas" virão por aí.

Agenda dos clubes

O Galo vai a Patos de Minas encarar a URT, domingo, 9 de fevereiro às 18h, no Estádio Zama Maciel, pela quinta rodada do Estadual. Já o Tombense recebe o Patrocinense no sábado, 8, às 16h, no Almeidão.


FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 x 1 TOMBENSE

Data-hora: 2 de fevereiro de 2020, às 16h(De Brasília)
Estádio: Independência, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Murilo Francisco Misson
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Felipe Alan Costa Oliveira
Cartões amarelos: Marquinhos, Felipe Garcia, Da Silva, Rodrigo(TOM), Victor,Igor Rabello, Ramon Martínez(ATL)
Cartões vermelhos: -
Público e renda: 10 209 pagantes / R$ 106.440,00

Gols: Matheus Lopes, aos 23'-1ªT(0-1), Marquinhos, aos 15'-2ºT(1-1)


ATLÉTICO-MG: Michael; Patric, Igor Rabello, Maidana e Lucas Hernández; Adriano(Allan, aos 14'-2ºT) e Ramón Martínez(Zé Welison, aos 32'-2ºT); Bruninho(Hyoran, aos 19'-2ºT), Dylan Borrero e Marquinhos ; Ricardo Oliveira. Técnico: Rafael Dudamel


TOMBENSE: Felipe Garcia, David, Admilton, Matheus Lopes, João Paulo;Rodrigo, Ibson, Marquinhos(Matheus Claudino, aos 35'-2ºT), Cássio Ortega, Rubens(Maycon Douglas, aos 29'-2ºT) e Gerson Júnior(Da Silva, aos 19'-2ºT). Técnico: Eugênio Souza

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade