PUBLICIDADE

Zanetti chora ao falar do filho e recebe apoio de repórter

Campeão olímpico em Londres e medalha de prata no Rio errou na aterrisagem e ficou em último na final das argolas em Tóquio

2 ago 2021 07h20
| atualizado às 07h27
ver comentários
Publicidade

Campeão olímpico em 2012 e medalha de prata em 2016, Arthur Zanetti deixa os Jogos Olímpicos de Tóquio sem pódio. O brasileiro fez boa apresentação na final das argolas nesta segunda-feira, mas foi para o 'tudo ou nada' e acabou errando a chegada, o que interferiu na nota (14.133) e o deixou na 8ª posição.

Zanetti mostra o 'amuleto' durante os Jogos, uma roupinha do filho Liam (Foto: Reprodução/Globo)
Zanetti mostra o 'amuleto' durante os Jogos, uma roupinha do filho Liam (Foto: Reprodução/Globo)
Foto: Lance!

O ginasta comentou a performance em entrevista à TV Globo, e se emocionou ao lembrar do filho Liam, que nasceu em setembro de 2020. Zanetti levou uma roupinha do bebê e mostrou na transmissão ao vivo após sua apresentação.

"O Liam está marcado na minha pele (mostra tatuagem), o macacãozinho estava na mochila... É voltar para casa e matar a saudade dele agora... Toda vez que lembro... É difícil...", diz, emocionado, antes de completar "É minha maior conquista, nenhuma medalha olímpica vai conseguir tirar essa conquista que tenho que é ele", disse.  "Nenhuma queda vai apagar sua história", completou o repórter Carlos Gil.

Sobre a continuidade na carreira, Zanetti afirmou que agora só pensa na família e em descansar após o ciclo olímpico. "A gente já fez o nosso papel, lá em 2012. O que viesse a partir de então era lucro (...) Agora eu não penso em mais nada, só estou querendo dar uma descansada. Não sei do ano que vem, não sei desse ano. Agora é dar uma relaxada na cabeça, não no corpo. A mente está precisando, Olimpíadas desgastam demais". 

Lance!
Publicidade
Publicidade