PUBLICIDADE

Após ouro nos Jogos Olímpicos, Ana Marcela mira mundial da maratona aquática: 'Não estou 100% completa'

Baiana de 29 anos é a primeira brasileira a ser campeã em prova de águas abertas em Olimpíadas

4 ago 2021 21h04
| atualizado às 21h08
ver comentários
Publicidade

A medalha de ouro na maratona aquática 10km nos Jogos Olímpicos de Tóquio não saciou a fome de vitória de Ana Marcela Cunha. Após se tornar a primeira brasileira a ser campeã em prova de águas abertas em Olimpíadas, a baiana de 29 anos está mirando o título do próximo campeonato mundial, que será em Fukuoka, também no Japão, em 2022.

Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de ouro na maratona aquática 10km nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Satiro Sodré/CBDA)
Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de ouro na maratona aquática 10km nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Satiro Sodré/CBDA)
Foto: Lance!

- A medalha de ouro aqui serve para coroar toda a minha carreira. Mas ainda não estou 100% completa. Ainda faltam algumas coisas nessa carreira, como um ouro nos 10 km em Campeonato Mundial - disse ela ao "ge.globo".

Ana Marcela já subiu em pódios de campeonatos mundiais em três oportunidades: foi prata em Barcelona-2013 e bronze em Kazan-2015 e Budapeste-2017.

- Quando a gente está satisfeito, é o momento de parar. Por isso que falo que a minha carreira não está 100%, ainda quero ser campeã mundial dos 10 km. Saio daqui querendo mais para o ano que vem, e minhas rivais vão treinar muito para não deixar acontecer. Enquanto estiver motivada vou levar adiante e tentar mais medalhas que me deem satisfação - explicou.

Ana Marcela Cunha já conquistou ouros em outras distâncias em Campeonatos Mundiais: nos 5 km, em Gwangju-2019, e nos 25 km, em Xangai-2011, Kazan-2015 e Budapeste-2017 e 2019.

Veja abaixo o quadro de medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Lance!
Publicidade
Publicidade